Vídeo: cão cego por causa de dono relapso muda de família e ‘enlouquece’ na praia - Pet é pop

Vídeo: cão cego por causa de dono relapso muda de família e ‘enlouquece’ na praia

Vídeo: cão cego por causa de dono relapso muda de família e ‘enlouquece’ na praia
Vídeo: cão cego por causa de dono relapso muda de família e ‘enlouquece’ na praia
Vídeo: cão cego por causa de dono relapso muda de família e ‘enlouquece’ na praia (Foto: Reprodução)

Angus, um cachorro que sofreu maus-tratos de seu antigo dono, foi resgatado e adotado por uma família amorosa que o levou à praia. O cachorro protagonizou um vídeo emocionante ao pisar na areia.

Veja também:

+ Cachorro ajuda filhote cego a descer escada e protagoniza o vídeo mais fofo que você vai ver hoje
+ Vídeo: cães brincando com balão na praia é tudo o que você precisa pra começar bem a semana
+ Seu cão parece entediado? Veterinário dá dicas para animar o bichinho

Jon e Anne Ashmore, ambos de 57 anos, adotaram Angus do abrigo Radar Dog Rescue, de South Yorkshire. O antigo dono do cãozinho era abusivo e o causou danos cerebrais como resultado dos maus-tratos sofridos. Ele também sofre de convulsões e toma comprimidos escondidos em uma salsicha três vezes ao dia para controlá-las.

Mas o casal descobriu que ele fica muito feliz na praia, e esta semana o levou para uma para deixá-lo correr livre com eles nos amplos espaços abertos, a salvo de quaisquer acidentes.  “Angus pode ficar bastante ansioso perto de pessoas e cachorros, o que não é surpreendente, dado o seu início horrível na vida, mas quando ele começa a conhecê-lo, ele se torna o menino mais doce”, disse Anne ao The Star.

“Ele esbarra nas coisas com frequência na casa, mas é incrível como ele se adaptou. Seu olfato e audição são incríveis. Ele vai latir com um barulho antes mesmo de nós ouvirmos”, contou ela. “Se encontrarmos um degrau, ele levantará a perna quando gritarmos ‘degrau’.”

O casal adotou o cãozinho cego há cerca de dois anos, e não se sabe ao certo sua idade, mas estimam que ele tenha entre quatro e cinco anos. “Nós não o deixaríamos perder a liderança quando o pegamos. Ele teve que aprender a construir um vínculo conosco e fizemos muitos treinamentos de recall com ele”, relembrou.

“Às vezes ele fica confuso se houver barulho e vento, e você pode vê-lo pensando onde eles estão? Mas ele sabe que quando voltar, vamos dar a ele um pedaço de salsicha. Mas ele pode ser ele mesmo em uma praia vazia onde não há outros cães ou pessoas e tentamos levá-lo até eles sempre que podemos”, acrescentou Anne.

Confira o vídeo de Angus na praia:
  • Back to top