Veterinária holística dá 6 dicas para prolongar a vida do seu pet - Pet é pop

Veterinária holística dá 6 dicas para prolongar a vida do seu pet

Veterinária holística dá 6 dicas para prolongar a vida do seu pet
Veterinária holística dá 6 dicas para prolongar a vida do seu pet (Foto: Jane Duursma/Unsplash)

Se você é dono de um animal de estimação, com certeza um dos principais pensamentos é: como posso prolongar a vida dele? Veja o que uma veterinária holística tem a dizer sobre a longevidade dos pets.

Veja também:

+ Saiba o que é ração holística e se vale a pena servi-la ao seu cão
+ Vídeo hilário: gato teimoso entra em um duelo sem fim contra uma escada rolante
+ Veja quais comidas ‘humanas’ você pode dar para o seu pet… de vez em quando!

1. Cardio

Os cães são atletas, mas nós os prendemos em nossas casas durante a maior parte de suas vidas. Ficar confinado e entediado promove ansiedade nos animais. Simplificando, quanto mais cães se movem, mais calmos eles ficarão. Ao retirá-los, evite o concreto, pois a exposição ao solo e à natureza é ideal para animais de estimação.

2. Forneça experiências sensoriais

As excursões emocionais ao ar livre que alimentam o cérebro nutrem o bem-estar cognitivo do cão. O cardio é superimportante para o tônus ​​muscular, suporte imunológico e alívio do estresse, mas pelo menos uma vez por dia conceda uma caminhada apenas para benefícios mentais. Permita que ele aprecie e cheire o ambiente o quanto quiser, isso significa, não puxe a coleira durante a caminhada.

3. Alimente-os com alimentos nutritivos

Ao contrário da sabedoria convencional, os cães não têm uma necessidade de carboidratos, mas o pacote médio de ração costuma ter mais de 50% de carboidratos, o que se qualifica como equivalente ao fast food e se alimentar somente com fast foods não é bom para ninguém.

Por isso, troque as guloseimas de mercearia feitas comercialmente por mirtilos frescos ou fatias de cenoura crua e você substituirá as calorias vazias por nutrientes de alimentos inteiros. Alimentar seu cão com uma dieta nutritiva aumentará gradativamente a saúde intestinal e, de acordo com a conexão intestino-cérebro, também pode melhorar o humor e o comportamento.

4. Socialização

Os cães são criaturas sociais, então uma das melhores coisas que você pode fazer para seu bem-estar emocional é cultivar uma vida social rica para eles. Identifique um punhado de cães de que seu cão realmente gosta e faça questão de ter encontros para brincar durante toda a vida.

Os cães precisam de muitas oportunidades regulares para serem cães: correr a toda velocidade, cavar na terra, rolar no chão, brincar, puxar, roer, latir, perseguir, etc., e você pode dar a eles essas oportunidades.

5. Certifique-se de que eles estão dormindo bem

Em estudos sobre o sono canino, os pesquisadores descobriram que os cães, como os humanos, experimentam pequenas explosões de atividade elétrica (fusos do sono) durante o sono. A frequência dos fusos do sono também foi associada à forma como os cães retêm as informações que aprenderam imediatamente antes dos cochilos. Isso reflete os estudos em humanos, nos quais o sono de qualidade está relacionado ao quão bem nos lembramos das informações recém-aprendidas.

Os fusos do sono ajudam a proteger o cérebro de informações externas, distraindo as informações. Eles são como nós, e nossos cães, consolidamos nossas memórias. Cães com fusos de sono mais frequentes durante uma sessão de soneca demonstram ser melhores aprendizes do que cães com fusos de sono menos frequentes. Para facilitar um sono melhor, ajude a criar um ambiente escuro e silencioso para o seu filhote cansado.

6. Observe e ouça-os

Por fim, o mais importante: observe e ouça o seu cão. Preste muita atenção a tudo, incluindo seu corpo, linguagem corporal e comportamento. Conheça seu cão tão bem quanto você conhece seus outros filhos, seu cônjuge ou seu melhor amigo. Aprenda a saber quando seu cão está inquieto, sua hora e maneira de brincar favoritos, onde e como ele gosta de ser animal de estimação, o que gosta de fazer, de quais alimentos gosta realmente, etc.

Quando você faz questão de tornar seu cão seu melhor amigo, ou pelo menos um membro valioso de sua família, você se torna um guardião melhor (e melhora drasticamente a qualidade de vida de seu cão e seu relacionamento).

  • Back to top