Veterano de guerra perde seu cão em tiroteio e é presenteado com novo filhote - Pet é pop

Veterano de guerra perde seu cão em tiroteio e é presenteado com novo filhote

Veterano de guerra perde seu cão em tiroteio e é presenteado com novo filhote
Veterano de guerra perde seu cão em tiroteio e é presenteado com novo filhote
Veterano de guerra perde seu cão em tiroteio e é presenteado com novo filhote (Foto: Jeremy Bezanger/Unsplash)

Quase três semanas depois que seu cachorro foi baleado e morto durante uma tentativa de assalto, um veterano do Vietnã e assistente social aposentado de 72 anos ganhou um novo cachorro.

Veja também:

+ Por burocracia, cachorra de veterano está presa no aeroporto de NY há mais de dez dias
+ Conheça os ruídos caseiros que estimulam a ansiedade no seu cão
+ Fotógrafo captura a forte ligação da comunidade LGBTQIA+ com seus pets sem raça definida

William Carter levou um tiro no pé e seu cachorro, Major, foi morto enquanto ele abastecia sua caminhonete em um posto de gasolina em Memphis, no Tennessee (EUA).  Carter disse que um homem mascarado apareceu do nada e atirou em Major quando o cachorro saltou do banco de trás para a frente de seu veículo e rosnou para o homem.

“Percebi o quão valioso era o Major porque ele me protegeu até o fim”, disse Carter. “Até o fim da vida, ele me protegeu.”

Depois de ver sua história, um espectador do canal WREG contatou Carter e disse que ela queria comprar um novo cachorro para ele. “Eu fiquei emocionado com o que ela fez, você sabe. Realmente tocou meu coração”, contou.

A mulher, que queria permanecer anônima, pagou a taxa de adoção no Memphis Animal Services e, no sábado, Carter foi ao abrigo escolher um cachorro. Não demorou muito para Carter encontrar um pit bull marrom de 1 ano que ele disse ser exatamente igual ao Major. “Todos para quem mandei a foto pensaram que era a reencarnação de Major”, disse o veterano.

Carter disse que mal podia esperar para trazer o cachorro para casa na próxima semana. O cachorro, que ele chamou de Duece, ainda precisa ser castrado e vacinado. Ele disse que desde o tiroteio, ele tem medo de sair à noite e espera que Duece o faça se sentir seguro novamente em sua própria casa. “É o melhor amigo do homem. Se você apenas os ama, eles vão amar você.”

Carter está fazendo fisioterapia e espera não precisar de cirurgia para consertar um osso quebrado no pé. O tiroteio também danificou sua caminhonete. Sua família criou uma página GoFundMe para comprar um novo veículo e pagar por suas despesas médicas.

“O mais apavorante é o cheiro daquele sangue. Quer dizer, ele não vai sair deste caminhão, e posso apenas ver o Major caído ali”, disse ele. A polícia local ainda está procurando pelo atirador.



  • Back to top