Veja o quanto as mordidas dos gatos podem ser perigosas para a saúde dos humanos - Pet é pop

Veja o quanto as mordidas dos gatos podem ser perigosas para a saúde dos humanos

Veja o quanto as mordidas dos gatos podem ser perigosas para a saúde dos humanos
Veja o quanto as mordidas dos gatos podem ser perigosas para a saúde dos humanos
Veja o quanto as mordidas dos gatos podem ser perigosas para a saúde dos humanos (Foto: Herman Delgado/Unsplash)

Embora os gatos sejam fofinhos, eles podem acabar te mordendo ou arranhando quando estão assustados. Confira alguns riscos das mordidas dos gatos para os seres humanos.

Veja também:

Os gatos carregam na boca muitas bactérias capazes de causar infecções em feridas causadas por mordidas. Embora os gatos domésticos sejam frequentemente vacinados contra as doenças mais graves, como a raiva, os gatos de rua geralmente não são vacinados e podem ser portadores de várias doenças.

Se não forem tratadas, as infecções causadas por mordidas dos gatos podem se espalhar para outras partes do corpo, causando uma condição chamada septicemia (envenenamento do sangue), que requer hospitalização. Em casos raros, essas infecções podem ser fatais.

Doenças que podem ser transmitidas por gatos
yawning brown tabby kitten
(Foto: Erik-Jan Leusink/Unsplash)

Existem toneladas de bactérias perigosas dentro da boca de um gato. Os dentes dos gatos são afiados e pontiagudos, então, quando eles mordem você, eles estão essencialmente injetando bactérias profundamente no tecido da sua pele.

Aqui estão algumas das doenças infecciosas em potencial que podem acontecer após uma mordida de gato:

  • Pasteurella multocida

Pasteurella multocida é um tipo de bactéria frequentemente encontrada na boca de gatos, que pode causar infecções após uma mordida ou arranhão. Pessoas imunocomprometidas correm um risco maior de desenvolver uma infecção grave por essas bactérias.

  • Doença da arranhadura do gato

A doença da arranhadura do gato (DAG) (também conhecida como febre da arranhadura do gato) é uma infecção causada pela bactéria Bartonella henselae. O DAG é transmitido quando um gato é portador da infecção.

Os seguintes animais estão em maior risco de transmitir a infecção:

  • filhotes com menos de 1 ano de idade
  • gatos que caçam
  • gatos de rua
  • gatos infestados de pulgas

É importante saber que o DAG é mais comum em crianças. A infecção geralmente não é séria, mas pessoas com sistema imunológico enfraquecido correm o risco de desenvolver uma infecção mais grave.

  • Raiva

Os gatos, como muitos outros mamíferos, podem transmitir raiva. Este vírus é quase sempre fatal quando não tratado, mas é extremamente raro. A maioria dos gatos domésticos já está vacinada contra a raiva. Se você sabe que o gato que o mordeu tem vacina anti-rábica, é improvável que contraia raiva.

Mas, se um gato não vacinado o mordeu, você deve levar a mordida a sério. Uma vez que os sintomas estão presentes, a raiva é geralmente fatal. Você pode precisar iniciar o tratamento contra a raiva se o gato que o mordeu apresentar algum sintoma de raiva. Se você for mordido por um animal de rua, pode ser necessário capturar o animal para que possa ser observado.

  • Tétano

O tétano é uma infecção grave causada por uma bactéria chamada Clostridium tetani. É recomendado que você tome um reforço contra o tétano após uma mordida de gato, se já se passaram mais de 5 anos desde que você recebeu a vacina.

Como saber se uma mordida de gato está infectada?
grayscale photography of person holding cat
(Foto: Alberto Bigoni/Unsplash)

Os sintomas mais comuns de infecção por mordida de gato incluem:

  • vermelhidão ou descoloração
  • inchaço
  • inflamação
  • uma protuberância ou bolha onde a ferida da mordida está localizada

Os sintomas mais sérios de uma infecção por mordida de gato incluem:

  • pus ou fluido emergindo da ferida
  • perda de sensibilidade perto da ferida
  • estrias vermelhas ou descoloridas perto da ferida
  • gânglios linfáticos inchados
  • febre ou calafrios
  • suor noturno
  • fadiga
  • fraqueza muscular
  • incapacidade de usar sua mão (se sua mão foi mordida)

Você também deve procurar tratamento médico o mais rápido possível se começar a sentir esses sintomas mais graves.

Complicações de infecção por mordida de gato

Uma infecção causada por uma mordida de gato pode levar a complicações mais sérias se não for tratada imediatamente. Esses incluem:

  • doença cerebral (encefalopatia)
  • osteomielite (uma infecção em seus ossos)
  • sepse
  • amputações
  • morte
O que fazer se um gato te morder

Mordidas de animais que não rompem sua pele, bem como arranhões que apenas arranham a superfície da pele, têm um risco mínimo de infecção. Você ainda deve limpar a área da ferida com água e sabão, mas é improvável que você tenha que tomar alguma providência.

As feridas causadas por mordidas dos gatos apresentam alto risco de infecção. Mordidas na mão também apresentam alto risco de infecção. Lave bem a ferida com água e sabão e cubra com uma bandagem esterilizada.

Se um gato não foi vacinado contra a raiva, entre em contato com um médico para decidir se você precisa de um tratamento conhecido como profilaxia pós-exposição à raiva. Ele geralmente não é necessário se o gato não está mostrando sinais de raiva, mas o gato deve ser monitorado por pelo menos 10 dias para ter certeza.

Quando chamar um médico
Doctor and patient. Free Photo
(Foto: ijeab/freepik)

Se uma mordida de gato romper sua pele, você deve procurar atendimento médico se:

  • você começar a ter quaisquer sintomas graves de infecção, como febre, calafrios, pus ou fluido saindo da ferida ou gânglios linfáticos inchados
  • a ferida não para de sangrar
  • a ferida parece ser profunda ou grande
  • o gato que o mordeu parece agressivo ou age de forma estranha
  • o gato que o mordeu não foi vacinado contra a raiva ou você não tem certeza se o gato foi vacinado contra a raiva
  • você não tomou vacina antitetânica nos últimos 5 anos
  • você tem um sistema imunológico enfraquecido
  • Back to top