Trauma de infância faz ginasta Simone Biles detestar gatos; entenda - Pet é pop

Trauma de infância faz ginasta Simone Biles detestar gatos; entenda

Trauma de infância faz ginasta Simone Biles detestar gatos; entenda
Trauma de infância faz ginasta Simone Biles detestar gatos; entenda
Trauma de infância faz ginasta Simone Biles detestar gatos; entenda (Foto: Reprodução/Instagram)

Por conta de uma experiência traumática de sua infância envolvendo um felino, a ginasta Simone Biles passou a odiar gatos. Entenda!

Veja também:

+ Conheça os gatos aventureiros mais famosos nas redes sociais
+ De Taylor Swift a Ed Sheeran: conheça os gatos mais mimados pelos famosos
+ Conheça os 10 cães famosos que ganharam mais dinheiro no Instagram em 2021

Simone Biles nasceu em Columbus, Ohio, em 1997. Ela cresceu ao lado de seus três irmãos biológicos, mas seus cuidadores variaram ao longo dos anos. Quando Simone era pequena, seu pai biológico abandonou a família e sua mãe se voltou para as drogas e o álcool.

Depois, ficou claro que eles não poderiam ficar com a mãe, então ela e seus irmãos foram colocados em um orfanato. Felizmente, os quatro foram colocados na mesma casa juntos e aprenderam a cuidar uns dos outros.

“Eu não me lembro muito sobre um orfanato, mas eu definitivamente sabia que tínhamos sido tirados de nossa mãe biológica e então você simplesmente acha que vai voltar para ela”, disse ela em um episódio recente de Simone vs Herself no Facebook Watch. “Tivemos a sorte de ficar juntos, porque muitas vezes você se muda de casa, em casa, em casa, ou você e seus irmãos se separam.”

Quando ela tinha seis anos, ela e sua irmã, Adria, foram adotadas por seus avós, Ron e Nellie Biles. Eles têm sido considerados o pai e a mãe de Simone desde então. Mas, a ginasta odeia gatos até hoje por causa de uma experiência traumática de infância.

Antes de Biles se mudar para um lar adotivo, ela passava fome quase todos os dias enquanto vivia com sua mãe biológica. Com um problema com drogas e álcool e nenhum pai para ajudar em casa, sua mãe simplesmente não tinha recursos para alimentar Biles e seus três irmãos.

Mas, por algum motivo, ela tinha afinidade com um gato de rua local, e muitas vezes, o felino recebia comida nos dias em que Biles e seus irmãos passavam fome. A ginasta acredita que é por isso que ela ainda odeia gatos hoje.

“Enquanto eu crescia, eu e meus irmãos estávamos muito focados em comida porque não tínhamos muita comida”, disse ela. “Lembro que havia um gato pela casa e eu estava com muita fome. Eles alimentavam esse gato e eu dizia, ‘Onde diabos está minha comida?’ E então eu acho que é [por que] eu não gosto de gatos, porque esse maldito gato de rua, ela sempre o alimentava, mas nunca a nós.”

Apesar de sua infância difícil, Simone deu a volta por cima e atualmente é a ginasta americana mais condecorada e é considerada por muitos como uma das maiores e mais dominantes ginastas de todos os tempos. Mas, nada disso seria possível sem seus avós.

Depois de ser adotada por eles, Simone descobriu a ginástica durante uma excursão quando tinha seis anos. Ela começou a copiar as voltas e reviravoltas que viu dos outros atletas na instalação, e o talento dela era natural.

Logo depois, uma carta chegou à nova casa de Biles perguntando se ela queria ir para uma aula, e o resto é história.

  • Back to top