Trancados em uma casa, 20 gatos praticam o canibalismo para sobreviver - Pet é pop

Trancados em uma casa, 20 gatos praticam o canibalismo para sobreviver

Trancados em uma casa, 20 gatos praticam o canibalismo para sobreviver
Trancados em uma casa, 20 gatos praticam o canibalismo para sobreviver
Trancados em uma casa, 20 gatos praticam o canibalismo para sobreviver (Foto: Reprodução/Facebook)

Vinte gatos foram deixados presos em uma casa e forçados a praticar canibalismo para sobreviver. O caso aconteceu em Munique, na Alemanha.

Veja também:

+ Cães praticam canibalismo em casa de dono que alega passar por crise pessoal
+ Amor na cumbuca: prepare você mesmo a ceia de Ano Novo do seu pet
+ Retrospectiva 2021: vídeos mostram as reações mais hilárias dos pets

Ativistas pelos direitos dos animais da Tierschutzverein Muenchen (Sociedade de Munique para a Prevenção da Crueldade contra os Animais) resgataram os animais de um apartamento imundo em 14 de dezembro. A porta teria sido bloqueada com um pedaço de pau, impedindo os gatos de sair.

Dois cadáveres de gatos foram vistos quando as equipes de resgate entraram na casa. “O relatório anônimo recebido originalmente pelo Serviço Veterinário parecia inofensivo. Alguém estava alimentando mais e mais gatos vadios, alguns deles parecendo cada vez mais doentes. Enquanto isso, havia provavelmente 15 a 20 animais. Mas o caso massivo de crueldade contra os animais que estava escondido por trás disso só ficou aparente no local”, disse a organização.

“Quando nossos inspetores tentaram abrir a porta com cuidado, patas em busca de ajuda vieram em sua direção pela pequena abertura. Vários gatos tentaram desesperadamente escapar pela porta. Um fedor maciço de amônia, fezes e putrefação atingiu os ativistas dos direitos dos animais”, contaram.

“Diretamente na área de entrada havia uma bandeja com inúmeras tigelas vazias, latas de comida vazias e fechadas e dois cadáveres de gato, comidos até os ossos e picados. O chão de todos os cômodos da casa rudimentar estava coberto de excrementos e o fedor era quase insuportável. Os animais que não tentaram escapar do lado de fora se esconderam nos quartos dos fundos.”

Os 20 gatos resgatados estão agora alojados no abrigo de animais de Munique, com cuidados veterinários. No dia seguinte à sua libertação, muitos dos gatos se acalmaram e foram afetuosos com seus cuidadores. Todos os 20 foram colocados para adoção em lares seguros.



  • Back to top