Tenho o hábito de beijar meu cão na boca, isso é um problema? Especialista responde - Pet é pop

Tenho o hábito de beijar meu cão na boca, isso é um problema? Especialista responde

Tenho o hábito de beijar meu cão na boca, isso é um problema? Especialista responde
Tenho o hábito de beijar meu cão na boca, isso é um problema? Especialista responde
Tenho o hábito de beijar meu cão na boca, isso é um problema? Especialista responde (Foto: NRD/Unsplash)

Você beija a boca do seu cachorro e não sabe se isso pode trazer problemas para você ou para ele? Veja o que um especialista tem a dizer!

Veja também:

+ Ilusão de ótica passa a impressão de que dois cães compartilham a mesma boca
+ Quer saber se você é amante de cães ou de gatos? Diga o que vê nessa imagem
+ Cão de serviço treinado para massagear dona com problemas cardíacos vira estrela no TikTok

De acordo com a Dra. Liora Berzag-Peru, a boca de todas as criaturas vivas é uma porta de entrada para o sistema digestivo. Sua função principal é iniciar o processo digestivo dos alimentos que os cães consomem.

Surpreendentemente, um estudo realizado em 2018 examinou a composição do muco de labradores e beagles e os pesquisadores descobriram que suas salivas continham enzimas, substâncias anti-inflamatórias, histaminas que aceleram a resposta imune e outras proteínas que danificam os vários micróbios.

Mas, além disso, o muco também contém várias bactérias e vírus que podem nos colocar sua vida em perigo, como raiva, salmonela e campylobacter, uma bactéria que causa diarreia. Essas bactérias são especialmente perigosas se você for mordido por um cachorro ou se você tocar nas fezes dele.

A saliva dos cães também contém vários parasitas que são transmitidos quando o animal lambe os restos fecais. Outro perigo para a saúde é a alergia. Enquanto a maioria das pessoas pensa que as alergias são causadas pelo pelo do cachorro, na verdade, o muco é uma das principais causas das alergias.



  • Back to top