Telescópio da Nasa captura imagem espetacular de nebulosa que homenageia patas dos gatos - Pet é pop

Telescópio da Nasa captura imagem espetacular de nebulosa que homenageia patas dos gatos

Telescópio da Nasa captura imagem espetacular de nebulosa que homenageia patas dos gatos
Telescópio da Nasa captura imagem espetacular de nebulosa que homenageia patas dos gatos
Telescópio da Nasa captura imagem espetacular de nebulosa que homenageia patas dos gatos (Foto: Reprodução/Instagram)

A Nasa compartilhou uma imagem interessante de uma bela nebulosa na Via Láctea que foi nomeada para homenagear as patas dos gatos.

Veja também:

+ Parasita canino que pode infectar humanos é detectado pela primeira vez
+ Fotos comoventes registram pastor alemão que se recusa a sair de perto da cova do dono
+ Vídeo: Youtuber constrói elevador para seu gato de 20 anos que não consegue mais usar escadas

A imagem de campo profundo da nebulosa foi capturada pelo Telescópio Espacial Spitzer da agência espacial americana. O visual mostra um matagal de estrelas espiando através de nuvens verdes espessas e bolhas vermelhas brilhantes.

Além disso, a nebulosa lembra a pegada de um gato. “Nosso Telescópio Espacial Spitzer capturou a imagem desta nebulosa assim chamada por causa das grandes e arredondadas características que se assemelham a uma pegada felina”, escreveu a Nasa no Instagram.

Eles notaram que a nebulosa Cat’s Paw (Pata de Gato, em inglês) era “uma região de formação de estrelas” localizada “cerca de 4.200 a cerca de 5.500 anos-luz da Terra.”

Na imagem, as bolhas vermelhas brilhantes e nuvens verdes foram destacadas usando dados de dois dos instrumentos de Spitzer, de acordo com a Nasa. “O Spitzer era um telescópio infravermelho, e a luz infravermelha é útil para os astrônomos porque pode penetrar nuvens espessas de gás e poeira melhor do que a luz óptica (o tipo visível ao olho humano)”, acrescentou a agência espacial americana na rede social.

De acordo com o site da Nasa, a “Nebulosa Pata de Gato” também é conhecida como “Nebulosa Garra de Urso” ou “NGC 6334”. É uma nebulosa de emissão e sua cor vermelha se origina de uma abundância de átomos de hidrogênio ionizados.

As luzes nesta nebulosa são emitidas pela presença de hidrogênio, oxigênio e enxofre. “Estrelas quase dez vezes a massa do nosso Sol nasceram lá apenas nos últimos milhões de anos”, afirmou a Nasa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por NASA (@nasa)

  • Back to top