Sexta-feira, 13: entidade combate superstições e crendices contra gatos pretos - Pet é pop

Sexta-feira, 13: entidade combate superstições e crendices contra gatos pretos

Sexta-feira, 13: entidade combate superstições e crendices contra gatos pretos
Sexta-feira, 13: entidade combate superstições e crendices contra gatos pretos
Sexta-feira, 13: entidade combate superstições e crendices contra gatos pretos (Foto: Humberto Arellano/Unsplash)

A instituição de proteção aos animais ISPCA está combatendo as velhas superstições relacionadas aos gatos pretos na sexta-feira 13.

Veja também:

+ Turma da Mônica dá dicas de cuidados com o seu gato
+ Gato de três pernas ajuda menino com dificuldade de aprendizado no Reino Unido
+ Abrigo alemão usa o Tinder para conseguir um novo lar para cães e gatos

Para aumentar a conscientização sobre o número de gatos pretos que às vezes são esquecidos em seus centros de resgate, a entidade está compartilhando algumas imagens de filhotes e gatos pretos adultos disponíveis para adoção.

Os gatos pretos têm desempenhado um grande papel no folclore e na superstição por séculos e, estranhamente, algumas dessas velhas superstições ainda existem, com uma minoria de pessoas evitando os gatos pretos se eles cruzarem seu caminho na sexta-feira 13.

De acordo com Carmel Murray, gerente de relações públicas do ISPCA, parece que os gatos pretos podem ser impopulares por causa da percepção de que eles têm azar ou não são tão fotogênicos.

“Em algumas partes do mundo, um gato preto na varanda da frente traz boa sorte e de acordo com a superstição comum dos navegadores, ter um gato preto a bordo era considerado sorte”, disse ela. “Gatos pretos realmente são fotogênicos e, assim como fotografar qualquer animal, paciência é definitivamente uma necessidade e, claro, a luz certa ajuda.”

A instituição de caridade está apelando para que o público considere a adoção de um desses gatos ou gatinhos pretos amigáveis. Todos os felinos do ISPCA são totalmente vacinados, tratados para parasitas, treinados e também castrados (quando são maior de idade).

“Todos os gatos e gatinhos são animais de estimação maravilhosos e eles amam nada mais do que um lugar quente para tirar uma soneca e ser abraçados. Eles são naturalmente independentes, o que os torna companheiros perfeitos para pessoas com estilos de vida agitados”, acrescentou Carmel.

“Eles não são apenas uma ótima companhia, mas também se sabe que acariciar um gato libera endorfinas no cérebro associadas à felicidade e bem-estar, relacionadas à redução da pressão arterial e ao risco de doenças cardíacas”, concluiu ela.

  • Back to top