Seu pet mudou de comportamento e hábitos durante a pandemia? Saiba o que fazer - Pet é pop

Seu pet mudou de comportamento e hábitos durante a pandemia? Saiba o que fazer

Seu pet mudou de comportamento e hábitos durante a pandemia? Saiba o que fazer
Seu pet mudou de comportamento e hábitos durante a pandemia? Saiba o que fazer
Seu pet mudou de comportamento e hábitos durante a pandemia? Saiba o que fazer (Foto: Fatty Corgi/Unsplash)

Com o avanço das vacinações contra COVID-19 e o retorno gradual das atividades presenciais, as preocupações com os cachorros e gatos foram uma das mais questionadas pelos pais pets. Afinal, eles se acostumaram a ter a presença de seus tutores todos os dias e alguns comportamentos mudaram durante esse período em casa — o pet fica mais grudado, já sabe os horários para sair e passear, a hora da comida vira um evento, entre outros momentos especiais.

Veja também:

+ Saiba como socializar aquele cãozinho que entrou na sua vida durante a pandemia
+ Ciência detona 5 mitos a respeito do treinamento para cães
+ Mitos e verdades sobre a saúde dos cães da raça pug

Sem contar ainda com aqueles que adotaram na pandemia e são pais de pet de primeira viagem. Segundo os dados do programa PEDIGREE® Adotar é Tudo de Bom, houve um crescimento de 13% nas adoções durante o ano de 2021 e de acordo com as informações da pesquisa da Mars Petcare, companhia detentora da marca PEDIGREE®, houve um aumento de 2.8% da população de cachorros no Brasil, enquanto a população de gatos aumentou 3.6% se comparados a 2020.

Para ajudar neste processo de adaptação com novos hábitos e cuidados dos pets, a PEDIGREE® desenhou uma campanha especialmente para falar sobre a importância dessa convivência e da retribuição do amor aos pets. “Eu Sachê Você” (em tradução literal “I Pouch You”) faz analogia com o termo “Eu Amo Você” para reforçar a presença dos pets na vida dos humanos e mostrar as diferentes formas de dizer que ama o seu cão, sendo uma delas a alimentação.

“Todo e qualquer tipo de adaptação é difícil de alguma forma e nossa ideia é sempre prezar pelo bem-estar do animal e da família como um todo. Por isso pensamos que a campanha “Eu Sachê Você” traduz a importância de reforçar as conexões com os pets, ainda mais por meio da alimentação — um dos momentos mais gostosos para o pet e o sachê é a representação física dessas sensações. E é sobre isso que queremos falar na campanha: relações familiares e histórias do dia a dia”, explica Roberto Valdrighi, gerente sênior de Marketing da Mars Petcare.

A PEDIGREE® também trouxe algumas soluções junto com a médica veterinária Fernanda Duran para dar algumas dicas do que fazer nesse momento de adaptação do pet. Confira:

1. Prepare seu pet para as suas saídas

Importante que seu pet se acostume com a nova rotina e com a sua ausência durante um período ao longo do dia. Então faça isso de forma gradual, se possível. Por exemplo, algumas empresas estão trabalhando com a flexibilidade de trabalhar no escritório apenas durante um período do dia (de manhã ou a tarde). Isso já ajuda o pet a entender que em certos momentos você estará ausente.

Outra dica Dra. Fernanda que pode ajudar os cães mais carentes é: “Separe um paninho, um cobertor ou até uma camiseta com o seu cheiro para que ele possa de alguma maneira sentir a sua presença. É um jeito carinhoso e atencioso de deixar o seu pet mais tranquilo para a sua saída”.

2. Mantenha um cronograma de atividades e brincadeiras diárias ou semanais

Aos finais de semana e em períodos que consiga sair para dar uma volta (antes ou depois do trabalho), é importante passear com o cachorro. É um momento especial para ele, em que é só vocês dois caminhando juntos, então dedique esse tempo a ele. Faça brincadeiras, jogue o graveto e leve toda a família para se divertir também. Assim como você, os pets precisam de atividades físicas e interagir com outras coisas ao longo do dia. “Sabemos que nem sempre é possível, afinal é um momento em que todos estamos aprendendo a lidar com essa nova fase, mas criar e manter uma rotina saudável, é necessário para deixar você e seu cachorro mais confortáveis com a situação”, afirma Dra. Fernanda Duran.

3. Note os hábitos que seu cachorro passou a ter e estimule-os de outra forma

Seu cachorro passou a dormir mais na sala, no cantinho onde você trabalhava em casa ou passou a comer exatamente na mesma hora que você? Para não deixar que esses hábitos se percam, incentive essas práticas mesmo estando fora. “É uma grande preocupação dos pais de pets sair e pensar no que o cão pode fazer na casa, então separe o cantinho da soneca dele do jeito que ele fazia e para a hora de comer é importante sempre manter uma rotina para que ele se alimente regrado de duas a três vezes por dia”, conta Dra. Fernanda. Pense na estratégia que funciona para o seu dia a dia.

4. Promova a possibilidade de tornar seu escritório pet friendly

Algumas empresas estão mais flexíveis neste momento pós-pandemia e os escritórios pet friendly hoje já são uma realidade. Saúde, bem-estar e qualidade de vida são os principais conceitos procurados pela população para um ambiente de trabalho e muitas companhias seguem fazendo adaptações híbridas para atender as novas necessidades do momento.

A Mars Petcare, dona da marca PEDIGREE®, oferece serviços de capacitação em negócios, comércios e escritórios para tornar ambientes e cidades cada vez mais pet friendly.

5. Retribuir amor com sachê PEDIGREE® é mais divertido

Na campanha de PEDIGREE® “Eu Sachê Você”, a ideia é retribuirmos todo o nosso amor de alguma forma pelos nossos cães. Eles não ligam se você está estressado ou preocupado, eles vão estar alegres ali, abanando o rabo na hora de te receber em casa, eles vão te encher de lambeijos, mesmo se eles tiverem aprontado alguma coisa e eles vão estar sempre dispostos a te dar amor e carinho em qualquer hora do dia. Então por que também não recompensar toda essa gratidão com uma alimentação completa, balanceada e nutritiva?

“Muitas pessoas ainda acreditam que sachê é petisco e não vem como uma alimentação completa. É importante ressaltar que o sachê pode sim ser substituído pela alimentação seca, desde que sigam as instruções orientadas no verso da embalagem para atender as necessidades do pet de acordo com o peso e tamanho, garantindo que ele esteja consumindo todos os ingredientes necessários”, explica a médica veterinária.

O mercado pet já representa um crescimento de cerca de 13,5% no Brasil e o ramo de alimentação e produtos é um dos que mais cresce, assim como também aumentou a exigência dos pais de pet em compreender o que os filhos de quatro patas estão consumindo. Por isso, PEDIGREE® também reforça na comunicação da campanha que os sachês são fontes de uma alimentação completa, atendendo todas as necessidades diárias dos cães e, é claro, recheados de muito amor.

A campanha está sendo veiculada nas redes sociais da marca em pedigreebr e conta com influenciadores promovendo conteúdos divertidos da rotina com o pet, além de reforçar a expertise da marca em qualidade, produto e família. 



  • Back to top