Seu gato gosta de lamber você? Especialistas apontam 4 razões para isso - Pet é pop

Seu gato gosta de lamber você? Especialistas apontam 4 razões para isso

Seu gato gosta de lamber você? Especialistas apontam 4 razões para isso
Seu gato gosta de lamber você? Especialistas apontam 4 razões para isso
Seu gato gosta de lamber você? Especialistas apontam 4 razões para isso (Foto: Pixabay)

Muitos donos de gatos já sentiram o toque da língua de seus animais de estimação em seus corpos aleatoriamente. Das primeiras vezes pode parecer fofo, mas depois de um tempo, você pode começar a se perguntar se o comportamento é preocupante.

Veja também:

+ Gato cego e que teve os olhos removidos conquista a internet com vídeos fofos
+ Cão é devolvido aos donos 8 anos depois de ter sido furtado
+ Gata com bigode de Freddie Mercury conquista corações na internet

Confira uma lista de possíveis motivos para explicar as lambidas excessivas do seu felino:

1. Eles estão marcando seu território

Para reivindicar os objetos como seus, os gatos usam glândulas odoríferas em suas bochechas, pés e caudas para marcar as coisas com seu cheiro único. Por isso, seu gato pode marcar os limites de seu espaço de vida, um poste de arranhar favorito ou seus companheiros humanos.

“Os gatos lambem seus donos para marcá-los como seus”, disse Lovelia Horn, resgatadora de animais e proprietária do Every Creature Counts, ao Insider. “Mesmo que o gato não seja o seu animal de estimação, eles ainda vão marcá-lo com sua saliva, pois mostra que o consideram parte de seu território.”

Lamber é uma das maneiras pelas quais os gatos espalham seu cheiro. Eles também podem esfregar o corpo contra você ou acariciar você com o rosto. Como o olfato do seu gato é 14 vezes mais poderoso do que o seu, você provavelmente não sentirá o cheiro que eles deixam, mas, para o seu amigo peludo, você cheira bem porque cheira como eles.

2. Eles estão cuidando de você

Línguas de gato não são apenas para saborear ração, elas também são ferramentas de tratamento poderosas. As línguas dos gatos são incrustadas com pequenos espinhos duros chamados papilas. Conforme a língua do seu gato passa pelo pelo, esses espinhos em forma de gancho se prendem a fios de pelo e se tornam uma escova totalmente natural para desembaraçar, pois sua saliva ajuda a limpar a sujeira.

Assim como as crianças, os filhotes não são muito bons em se manter limpos. Eles precisam que a mãe os lamba e mostre como se faz. Seu gato, provavelmente, nunca viu você se lamber para limpar, então é possível que ele acredite erroneamente que você precisa de uma lição básica de higiene.

“Os gatos são mestres em cuidar da aparência e passam boa parte do dia se arrumando. Às vezes, esse comportamento de arrumação pode se estender aos parceiros sociais, incluindo humanos”, explicou Crista Coppola, especialista em comportamento animal certificado na SeniorTailWaggers, ao Insider.

3. Eles foram desmamados muito cedo

Separar filhotes de suas mães muito cedo pode causar estresse a longo prazo, embora os especialistas discordem sobre o que pode ser considerado “muito cedo”. A American Veterinary Medical Association sugere que um gatinho deve ter cerca de 8 semanas de idade antes de se mudar para uma nova casa.

Outros grupos, como o Pleasant Plains Animal Hospital, em Nova York, recomendam separar os filhotes de suas mães com entre 12 a 14 semanas de idade. Apesar de tudo, os gatinhos na natureza ficam perto da mãe durante quatro meses, e separá-los mais cedo pode causar angústia ao gatinho.

Uma das maneiras que os gatinhos usam para lidar com o estresse é amassando, lambendo ou chupando coisas macias próximas. Isso pode incluir lã ou tecido, mas os gatinhos também podem colocar a boca ao redor de um dedo ou lóbulo da orelha. Esse comportamento, às vezes chamado de sugar lã, imita a amamentação.

4. Eles querem sua atenção

Se um gato quiser alertá-lo sobre um problema, passar a língua molhada na pele geralmente resolve. Talvez eles queiram abraçar, ou estão avisando que é hora de limpar a caixa de areia. Geralmente, porém, o problema é menor.

“Em casos menos comuns, lamber o dono pode ser sinal de estresse”, acrescentou Coppola. Nesse caso, um gato normalmente mostra sinais adicionais de estresse, como:

  • Se escondendo;
  • Recusando comida;
  • Tendo acidentes fora da caixa de areia.

Os gatos são especialmente propensos a precisar de conforto durante os momentos de grandes mudanças, como mudar para uma nova casa ou adicionar um novo animal de estimação à família.



  • Back to top