Saiba como exercitar o seu cão do jeito certo - Pet é pop

Saiba como exercitar o seu cão do jeito certo

Saiba como exercitar o seu cão do jeito certo
Saiba como exercitar o seu cão do jeito certo
Saiba como exercitar o seu cão do jeito certo (Foto: Wolfgang Hasselmann/Unsplash)

Gastar a energia de um cachorro é essencial para que ele tenha uma vida mais longa, feliz e saudável. Confira como exercitar o seu cão do jeito certo!

Veja também:

+ Saiba como fazer o seu cachorro grande exercitar o corpo e a mente
+ Veterinária indica exercícios que ajudam os cães a vencer o medo e a timidez
+ Você nunca deve apressar seu cão durante o passeio; saiba por quê

Um estudo de 2018 descobriu que cães com excesso de peso têm vidas mais curtas do que cães com peso normal. Por isso, exercitar seu cão é um ato de amor, oferecendo uma boa saúde e maior expectativa de vida.

De acordo com especialistas, o exercício ideal inclui estimulação física e mental, mas também é importante conhecer as limitações de seu cachorro. Se você não atender às suas necessidades ou não levar em conta suas limitações, a saúde do seu cão pode ser prejudicada. Sabendo disso, é importante fornecer a quantidade certa de exercícios para seu cachorro.

A quantidade certa de exercício também significa aumento da força e resistência. Também promove uma boa saúde cardíaca, como acontece com os humanos. A chave é adaptar o regime de exercícios do seu cão às suas necessidades únicas.

Confira algumas dicas para definir uma rotina de exercícios para seu amigo peludo:

Fazendo a quantidade certa de exercícios

Embora fazer exercícios seja importante, fazer a quantidade certa de exercícios é o que mais importa. Isso ocorre porque exercitar demais ou subestimar seu cão são igualmente prejudiciais à saúde dele.

O excesso de exercício envolve fazer muito cedo. Se o seu cão não está acostumado a uma determinada duração ou dificuldade da atividade, ele pode se machucar. Para cães mais jovens em desenvolvimento, isso também pode afetar negativamente seu crescimento.

Mas, a falta de exercício físico também pode levar a problemas de saúde. Um estilo de vida sedentário pode levar à obesidade, problemas de comportamento e outros problemas de saúde.

Coisas a considerar antes de exercitar um cão

Como definir a quantidade correta de exercício? Isso depende de três coisas principais: idade, raça e saúde geral. Um golden retriever pode ter mais energia e precisar de mais exercícios que um pug, por exemplo, mas isso não significa que você deve exaurir seu golden retriever e nem deixar seu pug deitado o dia todo.

Veja como encontrar um bom equilíbrio de exercícios para seu cachorro:

  • Idade

Conforme um cão envelhece, seu exercício precisa de mudanças. Filhotes têm picos de energia curtos, mas intensos. Eles só precisam de atividades ou sessões de brincadeira curtas, mas frequentes, para manter suas mentes e energia focadas em algo produtivo.

Em contraste, os cães idosos tendem a se cansar facilmente. Ter um cão idoso significa reaprender a correr com um cão novamente. Como exercitar um cão no pico da idade adulta (nem filhote, nem idoso) depende mais dos outros fatores: raça e saúde geral.

  • Raça

Algumas raças de cães anseiam por exercícios e atividades. Eles adoram a estimulação mental e física envolvida em brincar ou correr. Costumam ser cães de trabalho ou outros cães de alta energia.

Outras raças têm menos necessidade de atividade ou limitações físicas. Por exemplo, raças de nariz curto, como pugs e buldogues, tendem a ter dificuldade para respirar durante o exercício.

Outros exemplos são raças toy e cães de raça gigante. Seus corpos também não são projetados para altos níveis de atividade. Essas raças se beneficiam mais com caminhadas lentas pela vizinhança ou uma brincadeira leve de busca no quintal.

  • Saúde geral

Mudanças na saúde ou até mesmo lesões e doenças específicas afetam as necessidades de exercícios do seu cão também. Por exemplo, um cão diabético com níveis de glicose descontrolados terá menos energia do que um cão que não sofre de diabetes.

Tendo em mente as necessidades individuais de exercício do seu cão, vários tipos diferentes de atividades para escolher. Quer você seja um novo dono de animal de estimação procurando aprender a passear com o cachorro ou apenas procurando novas ideias de exercícios para cães, é fácil colocar seu cachorro em boa forma.

Tipos de exercício

Existem dois tipos principais de exercícios que são interessantes para todos os cães, desde que determinadas a quantidade e a intensidade. Esses dois tipos são atividade física e atividade mental. Desfrutar desses dois tipos de atividades juntos significa um relacionamento maior entre você e seu cão.

Todos os cães precisam de alguma forma de atividade física para fortalecer as articulações e construir músculos. No entanto, também é importante fornecer-lhes estímulo mental. É essencial para cães com baixa tolerância ao exercício.

  • Exercício físico

Comece configurando seu cão com o equipamento certo para exercícios físicos. O equipamento certo significa ter um bom controle sobre seu cão, o que resulta em uma boa experiência para vocês dois.

Em seguida, trabalhe para encontrar a atividade certa para vocês dois. Se você tem um cachorro de alta energia, pode aprender a correr com ele. Se você tem um cão de baixa energia, aprenda mais sobre como passear com ele. Caso contrário, você pode ser criativo com as brincadeiras. Buscar é um ótimo jogo porque é simples e divertido para o seu cão.

Cães trabalhadores ou cães que não se cansam facilmente podem se dar bem em uma pista de obstáculos. Este é o melhor dos dois mundos porque lhes dá a chance de correr e pular, ao mesmo tempo que os mantém mentalmente ativos.

  • Exercício mental

A estimulação mental é tão importante quanto a estimulação física e as melhores atividades combinam ambos. No entanto, se você tem um cão com baixa tolerância a exercícios ou deseja se concentrar no trabalho do cérebro, algumas atividades podem ser perfeitas para seu cachorro.

Se você tornar o treinamento de obediência divertido, ele se tornará uma brincadeira divertida para vocês dois desfrutarem. Usando o reforço positivo, seu cão ficará animado quando for a hora de aprender algo novo.

Para um exercício canino desafiador, ensine-o o nome de seus brinquedos. Assim que eles tiverem os nomes anotados, você pode criar um divertido jogo de esconde-esconde. Seja qual for o jogo que você decidir, torne-o um desafio para o seu cão. No entanto, certifique-se de mantê-lo divertido. A melhor parte desses jogos é que seu cão gosta deles.

Benefícios de exercitar seu cão

Depois de decidir o nível apropriado de exercício para seu cão, você pode escolher atividades divertidas. Talvez o seu cão adore uma pista de obstáculos ou até mesmo uma simples caminhada.

Saber exercitar um cão adequadamente significa saber como fazê-lo feliz e mantê-lo saudável. Além disso, tanto o dono como o pet podem se divertir muito no processo e isso pode fortalecer seu vínculo com ele.

  • Back to top