Saiba como ensinar seu cão idoso voltar a fazer necessidades no lugar certo - Pet é pop

  • Saiba como ensinar seu cão idoso voltar a fazer necessidades no lugar certo

    Saiba como ensinar seu cão idoso
    -->



    Saiba como ensinar seu cão idoso
    Saiba como ensinar seu cão idoso

    Esqueça o ditado que não se ensina truque novo a cachorro velho. Pode dar trabalho, mas é possível corrigir aquele comportamento inconveniente que o seu cãozinho não apresentava havia 10 anos.

    Antes das dicas, é sempre bom lembrar que cada animal possui personalidade própria e que os resultados podem demorar mais tempo para aparecer.

    Agora veja o guia para esse curso de reciclagem com o seu cãozinho idoso, elaboradas pelo site Pet Guide:

     

    1 – Saúde em primeiro lugar
    Pixabay

    Se o seu cão voltou a fazer xixi ou cocô pela casa, talvez não seja por esquecimento das boas maneiras. Parasitas, infecções virais, problemas do trato urinário e outras condições médicas podem estar atrapalhando a agenda do seu cão e fazendo com que se aliviem em locais e horários incomuns.

    Da mesma forma, o estresse e a ansiedade podem contribuir para isso. Uma mudança na rotina pode causar problemas comportamentais, como a introdução de um novo membro da família, um novo animal de estimação ou mudança para um novo lar.

    Os cães adotados em abrigos podem ficar confusos e empolgados com a nova família e o ambiente. Assim, pode levar um pouco mais de tempo até que eles se estabeleçam seu horário e local de necessidades.

     

    2 – Rotina de alívio

    cachorro cocô - Foto Pixabay

    As pausas sanitárias do seu cão tendem a seguir uma rotina definida. Pode ser no primeiro passeio matinal, depois do café da manhã, antes do almoço, à tarde, após o jantar ou antes de dormir.

    Claro que, dificilmente, você tenha uma agenda tão generosa, mas vale testar os horários nos fins de semana, por exemplo.

    Ao diagnosticar quais são os horários em que ele mais se alivia, foque em dois deles. E faça os passeios sempre no mesmo horário. São grandes as chances de o cão velhinho entender o recado.

     

    3 – Direto ao ponto

    cachorro passeio - Foto Pexels

    Quando sair para o passeio, vá direto para a área de eliminação. Esse é o lugar onde seu cão se sente confortável. Não deixe seu cão farejar – certifique-se de que ele vá direto ao assunto.

    No local, diga algum comando gentil para o seu cão iniciar os trabalhos, tipo “força, Rex” ou “deixa cair, Lili”.

    Mantenha-se parado até que o processo seja concluído. Quando terminar, elogie o bicho e ofereça um petisco. Seu cachorro vibra quando vê você feliz.

     

    4 – Atenção aos sinais

    cachorro passeio - Foto Pexels

    Preste atenção nas pistas que o cão dá de que está prestes a urinar. Eles podem não saber falar, mas certamente usam a linguagem corporal para transmitir sua mensagem.

    Sinais como contorções, pulos e choramingos devem ser levados a sério. Eles podem indicar que o animalzinho precisa desesperadamente esvaziar o intestino.

     

    5 – E quando ele estiver sozinho?

    Quando você não estiver por perto, deixe o cão em um cercadinho. Lembre-se de que essa não é uma solução para o dia todo. Assim, você não fica de coração partido.

    Se não tiver um local adequado ou uma gaiola, contrate um passeador para dar uma volta durante a sua ausência. E oriente o profissional sobre a dica número 3.

     

    6 – Seja rápido

    Se o seu cão fizer necessidades em um ambiente fechado, limpe a área imediatamente. Os cães tendem a fazer xixi no mesmo lugar.

    Use uma escova e um produto para tirar qualquer cheiro persistente. Existem muitos eliminadores de odores, projetados para animais de estimação.

    Caso você sinta o cheiro, mas não encontre o local onde o cão urinou, use luz UV para descobrir onde fica o banheiro improvisado.

     

    7 – Seja ainda mais rápido

    cachorro dálmata - Foto Pexel

    Se o seu cão está se preparando para fazer xixi dentro de casa, pare-o antes que aconteça. Você precisa distraí-lo… e logo!

    Isso pode ser feito batendo palmas, usando comando verbal ou fazendo um barulho alto. É difícil fazer xixi com tanta coisa acontecendo em volta.

    Na sequência, saia com ele, deixe-o fazer suas necessidades e conclua o processo com muitos mimos.

     

    8 – Para evitar recaídas

    Você precisa ser consistente e disciplinado com essas dicas. Caso contrário, o seu cão pode voltar aos seus velhos hábitos. Mesmo quando o treinamento está indo bem, não deixe de ser vigilante.

    Siga a rotina mesmo depois que ele parar de causar “acidentes” em ambientes fechados. E não deixe seu cão sozinho por longos períodos de tempo – não é razoável pensar que um cão mais velho possa segurar seus anseios por horas a fio.

  • Back to top