Saiba como ensinar o seu gato a usar a caixa de areia corretamente - Pet é pop

Saiba como ensinar o seu gato a usar a caixa de areia corretamente

Saiba como ensinar o seu gato a usar a caixa de areia corretamente
Saiba como ensinar o seu gato a usar a caixa de areia corretamente
Saiba como ensinar o seu gato a usar a caixa de areia corretamente (Foto: Elvira Visser/Unsplash)

A maioria dos gatos adultos irá naturalmente procurar a caixa de areia para suas necessidades, mas os filhotes podem precisar de um pouco de ajuda para descobrir como os hábitos adequados funcionam.

Veja também:

Aqui estão algumas dicas de treinamento para gatos sobre quando começar, como escolher as caixas sanitárias, como escolher o tipo certo de areia, como e onde configurar as caixas sanitárias e como ajudar seu gatinho a dominar a caixa sanitária.

Quando começar a treinar filhotes

Nas primeiras semanas após o nascimento, as mães gatas estimulam seus gatinhos a fazerem suas necessidades e depois os limpam. Durante esse tempo, os filhotes não precisam de caixas sanitárias. Você pode começar a treinar gatinhos por volta das 4 semanas de idade, oferecendo caixas de areia para filhotes. Isso coincide com o momento em que eles começam a desmamar.

Se você adotar um gato mais velho ou um gato adulto, pode começar a treinar a caixa de areia assim que os levar para casa. Você precisará do material certo para o treinamento do gato antes de ele vir para a nova casa.

Como treinar seu filhote ou gato adulto

Confira as etapas necessárias para ter sucesso no treinamento do seu felino:

  • Escolha uma caixa de areia

Embora escolher uma caixa de areia possa parecer uma tarefa trivial, na verdade faz uma grande diferença para o seu gatinho.

1. Obtenha a caixa de areia do tamanho certo

Caixas grandes podem ser muito grandes e intimidantes para um gatinho pequeno. Os especialistas recomendam uma caixa sanitária de 30 por 20 centímetros para filhotes. Se o seu gato for mais velho ou se você tiver outros gatos adultos em casa, eles precisarão de caixas de tamanho normal, enquanto o seu filhote precisa de suas caixas menores para começar.

A caixa de areia precisará crescer com seu gatinho. A caixa de areia do seu gato deve ter aproximadamente uma vez e meia o comprimento do seu felino. Você precisará aumentar o tamanho à medida que seu gatinho fica maior.

2. Forneça mais de uma caixa de areia

No mínimo, deve haver mais uma caixa de areia em sua casa do que o número de gatos. Se você tiver dois gatos, deve haver três caixas. Se você tiver cinco gatos, deve haver pelo menos seis caixas.

3. Caixas de areia descobertas vs. caixas de areia cobertas

Muitos gatos preferem usar uma caixa descoberta. Isso é devido ao seu instinto animal, em que, na natureza, eles não querem ser pegos desprevenidos por um predador dentro de uma área fechada. Os gatos não querem se sentir presos quando usam sua caixa de areia.

Se o seu gato prefere ou não um banheiro com ou sem teto, depende da preferência pessoal do seu filhote. Alguns gatos preferem um espaço aberto para fazer as necessidades, enquanto outros preferem um espaço fechado. Dê ao seu gatinho uma escolha para ver o que ele prefere.

Escolha o tipo certo de areia

Pesquisas mostram que a maioria dos gatos prefere areias de grão fino, provavelmente porque têm um toque mais macio. Em termos de areia de argila vs feita de outros materiais, alguns gatos não usam uma caixa com areia à base de milho ou trigo porque tem cheiro de comida. Experimente alguns tipos para se certificar de comprar o tipo de areia que o seu gatinho prefere.

Planeje onde colocar as caixas 

A localização e a disponibilidade da caixa de areia podem ser um fator crítico para encorajar seu gatinho a usar a caixa.

1. Não esconda as caixas de areia

Se as caixas estiverem todas no mesmo canto, elas serão efetivamente uma grande caixa, o que pode causar problemas se seus gatos não quiserem compartilhar.

É tentador colocar caixas de areia em armários e cantos porque não queremos que fiquem visíveis, mas isso deve ser evitado. Lembre-se de que os gatos não gostam de se sentir encurralados ou presos durante a hora de ir ao banheiro.

Eles também precisarão de algum tipo de luz para ver e encontrar suas caixas, então, se não houver luz ambiente no local onde você guarda a caixa de areia, tente usar uma luz noturna.

2. Evite distrações

Monte a caixa de areia do seu gatinho em uma área que tenha poucas coisas para distraí-los de ir direto ao assunto. Para gatinhos com problemas de concentração, pode ser necessário remover a opção de ter outros lugares “interessantes” para urinar.

Tente manter seu filhote em um quarto pequeno, sem tapetes ou carpetes e apenas uma pequena quantidade de roupa de cama para tentar mantê-lo focado até que ele domine o uso da caixa sanitária.

3. Coloque caixas de areia em cada andar

As caixas devem ser espalhadas, com pelo menos uma em cada andar de sua casa. Faça com que seja fácil para o seu gato chegar às caixas sanitárias: não os obrigue a descer as escadas, passar pela sala de estar e entrar na despensa. Os gatos não querem ir mais longe do que nós para chegar ao banheiro.

É particularmente importante lembrar que seu gatinho eventualmente se tornará um gato adulto, portanto, colocar uma caixa sanitária em uma prateleira ou descer muitos lances de escada tornará muito mais difícil chegar até ele quando eles forem mais velhos.

Apresente seu gatinho à caixa de areia

Depois de escolher seus suprimentos e configurar as áreas da caixa de areia, veja como você pode ajudar a treinar seu gatinho.

Etapa 1: Mostre ao seu gatinho a localização de cada caixa sanitária e deixe-o cheirá-las.

Etapa 2: Coloque delicadamente seu gatinho na caixa de areia. Eles podem instintivamente começar a arranhar ou até mesmo usar a caixa de areia. Se não, passe os dedos pela areia limpa para demonstrar a ação de apalpar.

Etapa 3: Se o seu filhote não usou uma das caixas na introdução inicial, tente colocá-lo em uma das caixas sempre que comer, beber ou acordar de um cochilo, até começar a usar a caixa sozinho.

Reforce os bons hábitos da caixa de areia

Quando o seu gatinho usar a caixa de areia de forma adequada, recompense-o com o seu petisco favorito para criar uma associação positiva com a atividade. Para que isso funcione, a guloseima deve ser dada imediatamente após eles terem deixado a caixa, para que associem a atividade à recompensa.

Se o seu gatinho cometer um erro, NÃO o puna nem grite com ele. Limpe a sujeira com calma com um limpador enzimático e não reaja de nenhuma outra forma.

Mantenha as caixas de areia limpas

Tente recolher a caixa de areia do seu gatinho após cada eliminação. Você não quer que seu gatinho desenvolva aversão à caixa durante o processo de treinamento. Depois de colher, adicione um pouco de areia limpa para manter uma profundidade de 5 a 7 centímetros para dar ao seu gato bastante espaço para cavar.

Quando o seu filhote ficar mais velho e usar a caixa de areia de forma consistente, você pode colher diariamente em vez de cada vez que o seu gatinho usar a caixa.

Esvazie periodicamente todo o lixo de cada caixa, limpe-as e encha-as com areia limpa. A maioria das areias terá suas próprias recomendações no rótulo sobre a frequência com que devem ser trocadas.

O que fazer se seu gatinho não usar a caixa de areia

Se o seu gatinho está tendo dificuldade em treinar a caixa de areia e está fazendo xixi fora da caixa, tente estas etapas:

1. Avalie cuidadosamente a configuração da sua caixa de areia. Cada gatinho tem preferências ligeiramente diferentes. Certifique-se de que as caixas sanitárias:

  • São facilmente acessíveis;
  • Estão localizadas em locais calmos;
  • Não estão escondidas em um canto;
  • Não estão sendo vigiados por outros gatos.

2. Considere mudar a caixa de areia ou o tipo de areia. Você pode querer obter uma nova caixa (coberta em vez de descoberta ou com laterais baixas) e colocá-la perto para ver se seu gatinho prefere outra caixa. Ou mantenha a mesma caixa e mude apenas o tipo de areia para ver se é a caixa ou a areia que está causando problemas.

3. Troque a areia com mais frequência.

4. Considere o uso de difusores de feromônio perto da caixa de areia para aliviar o estresse e deixar seu gatinho mais confortável com o ambiente. Esses difusores, quando colocados na sala com a caixa de areia, fazem os gatinhos sentirem que marcaram seu território.

5. Leve seu gatinho ao veterinário para verificar se há parasitas, infecções do trato urinário ou outros problemas médicos que possam promover a eliminação inadequada. Isso é raro em filhotes, mas não deve ser esquecido.

6. Seu veterinário sempre pode ajudá-lo a solucionar os problemas sanitários do seu gatinho.

Acima de tudo, lembre-se de ser paciente. O treinamento leva tempo, mas seu gato vai dominar esses hábitos com o seu amor, apoio e atenção.

  • Back to top