Saiba como disciplinar um gato com problemas de comportamento - Pet é pop

Saiba como disciplinar um gato com problemas de comportamento

Saiba como disciplinar um gato com problemas de comportamento
Saiba como disciplinar um gato com problemas de comportamento
Saiba como disciplinar um gato com problemas de comportamento (Foto: Alice/Unsplash)

Seu gato está se comportando como um monstrinho? Apesar de alguns desses comportamentos serem genuinamente irritantes, como mordidas ou arranhões nos móveis, os gatos não estão fazendo essas coisas para te incomodar. Ele está tentando te dizer algo.

Veja também:

+ 10 dicas de treinamento dão fim a comportamentos desagradáveis dos filhotes de cães
+ Astrologia: Saiba quais são as raças de cães que mais combinam com o seu signo
+ Seu gato acorda você muito cedo? Saiba como dar um jeito nisso

Antes de tudo, saiba que a punição física nunca é uma opção. Veterinários e especialistas em comportamento de gatos concordam que isso não funciona e pode prejudicar seu relacionamento com seu animal de estimação.

Qualquer comportamento do felino pode ser combatido, com reforço positivo e sacos de guloseimas saborosas. Confira algumas dicas de dois especialistas em gatos para disciplinar um gatinho corretamente:

Como disciplinar um gatinho de forma eficaz

Você não pode mudar o comportamento do seu gatinho até entender sua causa. “Quando você disciplina, isso implica que o gatinho ou gato está se comportando mal – e é aí que muitos donos de gatos entendem mal o comportamento normal dos gatos”, disse a especialista em comportamento felino Pam Johnson-Bennett ao site Newsweek.

“Todo comportamento tem um propósito ou não seria repetido. Os animais não apenas se comportam mal. A chave para o treinamento bem-sucedido é descobrir o que desencadeia o comportamento repetido e o que o gato obtém ao exibir esse comportamento específico para que você possa mudar o comportamento”, acrescentou ela.

Segundo o Dr. Christian Broadhurst, veterinário sênior da clínica sem fins lucrativos Clay Humane, na Flórida, você deve usar reforço positivo. “Sem palmadas, nada que lhes cause dor ou desconforto”, explicou o especialista à Newsweek.

Ele sugere recompensar seu gatinho com guloseimas depois que ele fizer algo que você gosta, e, quando ele faz algo que você não gosta, você pode dar um tempo de espera guardando-o em uma sala diferente. Ele voltará para você com uma atitude diferente.

Se você tem um gato mais velho em casa, ele também pode mostrar ao gatinho como se comportar. “Os gatos são bons em disciplinar os gatos porque basicamente falam a mesma língua”, disse Broadhurst. Os filhotes podem aceitar algum tipo de reprimenda de gatos mais velhos que não aceitarão de humanos.

Alguns cães também podem ser bons treinadores para gatinhos, de acordo com o veterinário. Mesmo que eles não falem a mesma língua, eles falam uma língua semelhante e podem se comunicar entre si melhor do que nós. Os cães tendem a criar gatinhos como seus próprios filhotes, disse ele.

Como disciplinar um gatinho que não escuta

Se você sentir que seu gatinho não está ouvindo, isso significa que você não forneceu o que é necessário”Você tem que parar de olhar para o comportamento como ruim, estúpido ou rancoroso. Se você vê um comportamento como algo que precisa ser punido, isso significa que houve uma falha de comunicação”, disse Johnson-Bennett.

“Seu gato está tentando lhe dizer o que é necessário e você não está entendendo”, acrescentou a especialista. Dê uma olhada mais de perto na situação, identifique os gatilhos e corrija-os.



  • Back to top