Saiba como dedetizar a sua casa sem colocar em risco a saúde dos pets - Pet é pop

Saiba como dedetizar a sua casa sem colocar em risco a saúde dos pets

Saiba como dedetizar a sua casa sem colocar em risco a saúde dos pets
Saiba como dedetizar a sua casa sem colocar em risco a saúde dos pets
Saiba como dedetizar a sua casa sem colocar em risco a saúde dos pets (Foto: Matthew Henry/Unsplash)

Com a chegada do verão e dos dias mais quentes, muitos aproveitam para deixar as janelas abertas por mais tempo, o que pode facilitar a entrada de mosquitos e outros insetos em casa. Por isso, é comum um aumento no uso de inseticidas nesta estação. Todos, em especial os donos de cães, gatos e outros animais, no entanto, devem ficar atentos à utilização correta deste produto. Saiba como dedetizar sua casa corretamente, garantindo que seu pet não esteja em risco!

Veja também:

Uma pesquisa realizada pela startup Opinion Box com exclusividade para a empresa Flora, detentora de marcas como Mat Inset e No Inset, mostrou que cerca de 75% dos donos de Pet utilizam inseticidas em aerossol. O levantamento, realizado na última quinzena de novembro, com 518 participantes das cinco regiões do País, apontou também que outros 21% não utilizam nenhum tipo de inseticida por medo de que o produto faça mal para a sua família ou animal.

Lucas Tortelli, gerente de Marketing na Flora, explica que, observando algumas regras simples, o uso de inseticidas não oferece riscos aos pets e seus donos. “O primeiro e mais importante passo é ler atentamente o rótulo do produto escolhido e seguir corretamente as instruções de uso. Isso porque pode haver variações importantes entre um item e outro, mesmo que eles sejam de uma mesma marca”, afirma.

Ainda segundo Tortelli, antes da aplicação, é fundamental também retirar os animais de estimação do cômodo, deixar o produto agir por 20 minutos e ventilar o ambiente antes de permitir o retorno do pet ao espaço. “Outros cuidados importantes são armazenar o inseticida fora do alcance das crianças e dos animais e só adquirir produtos com o registro de aprovação da Anvisa”, finaliza.

  • Back to top