Por que os gatos arranham e mordem até conhecidos; o que fazer a respeito - Pet é pop

Por que os gatos arranham e mordem até conhecidos; o que fazer a respeito

Por que os gatos arranham e mordem até conhecidos; o que fazer a respeito
Por que os gatos arranham e mordem até conhecidos; o que fazer a respeito
Por que os gatos arranham e mordem até conhecidos; o que fazer a respeito (Foto: Herman Delgado/Unsplash)

Os gatos podem ter personalidades muito divididas. Em um minuto estão pedindo por carinho, no outro eles estão atacando sua mão com uma mordida.

Veja também:

+ Vídeo hilário: três gatos se contorcem para ficar dentro de jarras
+ Mulher contrai infecção mortal após ser mordida por gato que tentava resgatar
+ Conheça Brodie, o cão que parece resultado de cruzamento entre cachorro e girafa

Mas por que nossos monstros temperamentais mordem e arranham e como você pode prevenir outro ataque de gato? Aqui está tudo o que você precisa saber:

Por que os gatos mordem?

Anita Kelsey, comportamentalista de gatos e autora do Let’s Talk About Cats, disse ao site Metro.co.uk que os gatos arranham e mordem como um “aviso”. “Os gatos fazem isso como um aviso para recuar. Se um gato está se sentindo ameaçado/encurralado ou seu chiado de advertência foi ignorado, ele provavelmente recorrerá a mordidas e arranhões”, explicou Anita.

“Essas ações geralmente são defensivas, mas também podem ser ofensivas, como quando um gato agressor da vizinhança briga com outro gato por causa de território”, acrescentou ela, dizendo que as principais armas de defesa dos gatos são os dentes e as garras.

Mordidas agressivas muitas vezes acontecem durante uma sessão de carinho, quando o companheiro humano não entende ou ignora a linguagem corporal do gato que pede para parar. Os gatos não têm como comunicar que querem que as carícias parem e, portanto, optam por morder ou arranhar como forma de expressar seus desejos.

No entanto, pode haver outros casos em que os gatos exibem esse tipo de comportamento. A comportamentalista de animais, Trudi Atkinson, explicou ao Metro.co.uk: “Mordidas e arranhões podem ocorrer durante brincadeiras de tipo predatório equivocadas.”

Ela acrescentou que os filhotes aprendem a morder e arranhar como uma parte normal do desenvolvimento e, se não forem treinados cedo, não saberão quando usar suas garras e dentes não é apropriado.

Uma das primeiras regras para novos donos de gatos é nunca ensiná-los que mãos ou pés são brinquedos. Como gatinhos, suas pequenas mordidas e arranhões não doem, mas isso vai mudar à medida que envelhecem e crescem. Em vez disso, você deve encorajar seu animal de estimação a brincar com brinquedos.

Para evitar mordidas e arranhões no futuro, você precisa aprender os sinais de alerta do seu gato. Um gato irritado normalmente sinaliza seus sentimentos com olhos estreitos, orelhas puxadas para trás, cauda balançando. Por isso, preste atenção aos sinais de seu gato e pare tudo o que estiver fazendo para evitar um ataque.

Você também deve aprender e respeitar os limites do seu gato. Para alguns gatos, o gatilho pode ser acariciá-los na barriga, acariciá-los por muito tempo ou ser muito intenso ao acariciar. Aprenda o que seu gato gosta e não gosta e siga seu exemplo ao acariciá-lo.

O que fazer se um gato te arranhar ou morder

Se o seu amigo felino atacar, certifique-se de limpar o ferimento, pois as garras e os dentes do gato podem transportar todos os tipos de bactérias.

  • Lave a ferida delicadamente com água e sabão ou enxugue-a com álcool;
  • Em seguida, aplique pressão com uma toalha limpa na área ferida para estancar o sangramento – isso também ajudará a anestesiar um pouco a dor;
  • Em seguida, aplique uma bandagem esterilizada na ferida para impedir que infeccione;
  • Se a ferida inchar, ficar sem cor ou não parar de doer ou sangrar, você deve visitar seu médico.

Você não deve disciplinar seu gato, pois ele não morde ou machuca por maldade, é normalmente uma reação que demonstra que ele está com raiva ou com medo.

  • Back to top