Polícia chinesa planeja leiloar cães ‘covardes’ que não passam em rigorosos testes - Pet é pop

Polícia chinesa planeja leiloar cães ‘covardes’ que não passam em rigorosos testes

Polícia chinesa planeja leiloar cães ‘covardes’ que não passam em rigorosos testes
Polícia chinesa planeja leiloar cães ‘covardes’ que não passam em rigorosos testes (Foto: Altino Dantas/Unsplash)

Uma academia de polícia na China está planejando leiloar cães policiais que não se qualificaram nos testes por “covardia” e “fracas habilidades de recuperação”.

Veja também:

+ Seu cão parece entediado? Veterinário dá dicas para animar o bichinho
+ Fofura explícita: cães da polícia recebem crachás e quebram a internet
+ Vídeo: ex-cão policial tem reação hilária toda vez que ouve a palavra ‘cocaína’

De acordo com um comunicado oficial da Universidade de Polícia de Investigação Criminal da China, 54 cães serão colocados em leilão público no dia 7 de julho. Uma lista anexa mostrou que os cães são em sua maioria pastores alemães e belgas, que são comumente usados ​​para auxiliar o trabalho policial devido à sua agilidade, obediência e inteligência.

A maioria dos cães foi desclassificada por “covardia”, de acordo com a lista. Alguns para força corporal, incluindo “tamanho pequeno” ou “membros fracos”, enquanto outros foram eliminados por falta de obediência, incluindo “fracas habilidades de captação e recuperação”.

No dia do leilão, os vídeos de cada cão serão exibidos ao público. Cada lance deverá começar em 200 yuans (cerca de R$ 155). O maior licitante poderá buscar o cão no mesmo dia. “As pessoas que adotaram esses cães precisarão obedecer às leis do governo sobre a criação de cães e mostrar responsabilidade para com os cães, eles não podem vender ou doar os cães e precisam cuidar deles até sua morte”, disse o aviso.

De acordo com o site oficial da academia, eles leiloaram cães quatro vezes este ano, vendendo 158 cães até agora. “[Leiloar os cães] é um processo muito normal para nós”, disse a academia ao site Beijing Youth Daily.

Os cães são muito saudáveis, mas não adequados para o trabalho policial. De acordo com o ministério, todos os cães policiais em potencial são criados em centros licenciados e treinados desde os 45 dias de idade até os seis meses.

Os filhotes são treinados para velocidade, coragem, habilidades olfativas e de recuperação de itens. Quando totalmente crescidos, eles receberão treinamento adicional e precisarão passar nos exames para se qualificar como um cão policial oficial. Quando estão muito velhos para trabalhar, os cães geralmente são enviados de volta aos criadouros ou adotados pelo público para passar seus últimos anos em paz.

  • Back to top