Pesquisa: para 78% dos donos, pets ajudaram a diminuir estresse e ansiedade na pandemia - Pet é pop

Pesquisa: para 78% dos donos, pets ajudaram a diminuir estresse e ansiedade na pandemia

Pesquisa: para 78% dos donos, pets ajudaram a diminuir estresse e ansiedade na pandemia
Pesquisa: para 78% dos donos, pets ajudaram a diminuir estresse e ansiedade na pandemia
Pesquisa: para 78% dos donos, pets ajudaram a diminuir estresse e ansiedade na pandemia (Foto: Yogendra Singh/Unsplash)

A pandemia causou impacto no estilo de vida de toda a população do mundo e grande parte das pessoas adaptaram suas rotinas aos novos padrões dentro de casa. Com as dinâmicas familiares modificadas, o dia a dia dos pets também foi impactado. O Programa BETTER CITTIES FOR PETS™, da Mars Petcare, divulgou relatórios que ajudaram a compreender mais profundamente o comportamento dos tutores durante 2020 e externalizar os principais benefícios e desafios que foram enfrentados.

Veja também:

+ Gato ganha o dobro do peso durante a pandemia e é submetido a dieta rigorosa
+ Cães detectam Covid muito mais rápido do que qualquer teste, indica estudo
+ Rússia registra a primeira vacina contra Covid desenvolvida para cães e gatos

Os dados mostraram que o número de tutores aumentou e a grande razão é que 86% dos entrevistados afirmaram que os pets foram umas das principais companhias durante o isolamento. Dentro desse número, 56% de novos tutores confirmaram que a principal razão de terem adquirido um pet foi pela companhia.

Os relatórios do programa têm a intenção de esclarecer as necessidades atuais dos tutores de pets, e quando eles podem estar precisando de auxílio.

Benefícios dos pets

Durante 2020 os tutores passaram mais tempo com seus pets e foi percebido mais profundamente os benefícios dessa convivência.

  • Entre os tutores:
    – 86% afirmaram que seus pets são grandes fontes de companhia;
    – 78% disseram que eles ajudaram a reduzir sintomas de estresse e ansiedade;
    – 75% confirmaram que eles diminuem a sensação de tédio e monotonia;
    – 74% afirmaram que houve uma redução na depressão durante a pandemia;
    – 30% dos tutores de pets receberam um novo pet para aumentar a família em 2020;

– 50% dos respondentes afirmaram que um benefício da política de home office foi poder passar mais tempo com seus pets – colocando até mesmo acima de itens como aumento de flexibilidade, menos gastos e mais tempo com a família;

Despesas financeiras

Muitos tutores enfrentaram dificuldades financeiras durante a pandemia e tiveram que tomar decisões difíceis.

  • 61% dos tutores se preocuparam se conseguiriam arcar com os gastos de seus pets;
  • 20% consideraram se desfazer de seus pets e 13% realmente tiveram que fazê-lo;
Ambiente do trabalho em home office

Depois de meses trabalhando de casa, os tutores passaram a se acostumar com a presença de seus pets na rotina e muitos começaram a se preocupar com o momento do retorno aos escritórios e de terem que deixar seus pets em casa.

  • 78% dos tutores que estão trabalhando de casa mostraram preocupação com seus pets se tornarem ansiosos ou ficarem confusos quando tiverem que retornar ao antigo modo de trabalho;
  • Do mesmo modo, 75% dos tutores se preocupam com seus próprios estados emocionais quando for necessário deixar os pets em casa;
  • 2/3 dos trabalhadores gostariam de poder levar seus pets para o escritório se fosse permitido;
Atividades de lazer

Com o passar do tempo, os tutores gostariam de poder levar seus pets para fazerem atividades de lazer fora de casa.

  • 50% se sentem confortáveis em levar seus pets em lojas abertas, eventos ou restaurantes com espaços ao ar livre. Entre os tutores de cães, 50% disseram se sentirem ainda mais confortáveis nesses mesmos espaços se pudessem ter a companhia de seus cães;
  • 2 entre 3 entrevistados disseram que pretendem viajar a partir de 2021 e aproximadamente 60% deles afirmaram que querem levar seus pets junto;

Com esses dados é possível perceber o quanto a convivência entre tutores e pets gerou impacto na vida e no emocional de ambos e como gatos e cães se tornaram ainda mais integrados à vida das pessoas. Olhando mais para o futuro, podemos entender o quanto existe de espaço para o crescimento de locais pet friendly, já que o desejo dos tutores é cada vez mais da companhia de seus pets em suas vidas dentro e fora de casa.

  • Back to top