Pesquisa: 92% já presenciaram maus-tratos a animais, mas só 17% denunciaram - Pet é pop

Pesquisa: 92% já presenciaram maus-tratos a animais, mas só 17% denunciaram

cão de rua - Foto Pixabay



cão de rua - Foto PixabayA Organização Mundial da Saúde estima que sejam mais de 30 milhões os cães e gatos abandonados no Brasil. Para tentar entender a real causa do cenário e saber como ajudar da melhor forma a reverter essa situação, o Carrefour Brasil encomendou uma pesquisa ao Ibope com o objetivo de informar, educar, sensibilizar e conscientizar a sociedade para a adoção responsável.

Realizada com 2.000 brasileiros com mais de 16 anos, no universo online entre os dias 21 e 26 de outubro, a pesquisa revela que 92% já presenciaram algum tipo de maus-tratos em animais e que 82% se assumem engajados na causa animal.

Além disso, 67% dos internautas pesquisados afirmam já ter presenciado animais abandonados em suas cidades. Somente 32% já realizaram resgate, e 30% adquiriram seus pets em eventos de adoção.

Apesar disso, 44% das pessoas argumentam que a melhor forma de ter seu primeiro pet seria adotando.

cão de rua - Foto PixabayEntre os principais maus-tratos presenciados, a pesquisa destaca animais passando fome (50%), com sede (42%) e sendo agredidos (38%). No entanto, apenas 31% das pessoas afirmam ter doado alimentos e 17% assumem ter realizado alguma denúncia sobre maus-tratos.

Para Lucio Vicente, Head de Sustentabilidade do Grupo Carrefour Brasil, a falta de informação muitas vezes faz com que as pessoas não saibam como agir ao identificar ações de maus-tratos.

“É importante conscientizar a população sobre os canais que existem para denúncias, como as ONGs e os abrigos agem e como as pessoas podem ajudar”, afirma o executivo.

Os dados colhidos apontam ainda que 74% da população brasileira de internautas dizem que entregariam seu animal para adoção se realmente não tivessem condições de continuar com ele.

E, entre os principais motivos para não ter mais o animal de estimação, estão:

  • Espaço: 31% assumem que não ficariam com seu bicho de estimação se a casa fosse pequena para tê-lo;
  • Viagem: 27% deixariam o animal se precisasse viajar;
  • Custos elevados: 19% dizem que o motivo do abandono/doação do pet seriam os gastos que ele traz com cuidados veterinários.
Ações pela causa animal

cão de rua - Foto PixabayA pesquisa faz parte de uma série de ações em prol da causa animal realizadas pelo Carrefour Brasil. Cerca de 6.000 animais já foram beneficiados, entre ações de doação de ração -14 toneladas – e realização de eventos de adoção e castração.

A rede também promoveu treinamento para 100% do efetivo de segurança e liderança para que entendam como lidar com animais em situação de vulnerabilidade das unidades da companhia.

Ao se engajar na causa, o Carrefour decidiu entender a fundo qual real motivo do abandono e maus-tratos de pets no Brasil para atuar de forma cada vez mais efetiva, junto à população.

As campanhas da rede de supermercados ganharam força depois de novembro de 2018. Naquele mês a cadela Manchinha morreu após ter sido agredida por um funcionário de uma unidade da rede em Osasco (SP).

Veja também

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las
+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’
+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância
+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • Back to top