Os cuidados (e os benefícios) de deixar o seu cão em forma - Pet é pop

Os cuidados (e os benefícios) de deixar o seu cão em forma

Os cuidados (e os benefícios) de deixar o seu cão em forma
Os cuidados (e os benefícios) de deixar o seu cão em forma
Os cuidados (e os benefícios) de deixar o seu cão em forma (Foto: Magdalena Smolnicka/Unsplash)

Assim como para humanos, a atividade física traz muitos benefícios para a saúde dos animais de estimação: melhor desempenho, menor risco de lesões, menores níveis de estresse, melhores hábitos de sono e um corpo e mente mais saudáveis.

Veja também:

+ Veterinária indica exercícios que ajudam os cães a vencer o medo e a timidez
+ É uma boa ideia adotar outro animal para fazer companhia ao seu cão?
+ Suplementação alimentar com colágeno ajuda pets idosos a recuperar movimentos

Além disso, criar uma rotina de exercícios ajuda a manter seu cachorro em forma, evitando a obesidade e as doenças que vem com ela. Especialistas ainda explicam que a atividade física ajuda a combater problemas de comportamento comuns e questões como ansiedade, tédio na mastigação, latidos incômodos e problemas de comportamento mais urgentes podem estar relacionados à falta de exercícios e treinamento.

No entanto, antes de iniciar qualquer programa de condicionamento físico com seu cão, é recomendável consultar o seu veterinário. Cães com lesões ou problemas de saúde pré-existentes, incluindo obesidade, devem ser tratados sob a orientação de um veterinário e/ou profissional de reabilitação.

É importante notar que os cães com menos de 18 meses de idade não devem fazer ações repetitivas. Praticar habilidades ou realizar comportamentos de alto impacto, como pular, pode causar danos às placas de crescimento e estruturas musculares que não estão totalmente desenvolvidas.

Para criar um programa de exercícios, as três áreas principais para enfocar são a linha superior, membros dianteiros e traseiros e distribuição de peso. A linha superior ou a coluna vertebral devem permanecer neutras, sem rugas ou excessivamente esticadas. Os membros anteriores e posteriores devem estar a uma distância natural entre a frente para trás e da esquerda para a direita. Os membros anteriores devem estar sob os ombros e os membros posteriores sob os quadris.

Evite exercícios que incentivem o cão a ter uma postura ampla atrás. O peso do cão deve ser distribuído uniformemente. Qualquer sinal de perda de peso ou claudicação é um sinal de dor ou fraqueza e deve ser tratado por um veterinário.

Exercícios de condicionamento físico simples estimulam o cérebro e o corpo do cão, ajudando a conter o tédio e eliminar comportamentos problemáticos. Com o equipamento certo, o fitness fica simples e fácil.

  • Back to top