Os cães sabem quando o dono está mentindo, diz estudo - Pet é pop

  • Os cães sabem quando o dono está mentindo, diz estudo

    cão buldogue francês - Foto Pixabay
    -->



    Para quem vê os cães correndo atrás do próprio rabo, a impressão pode ser a de que essas criaturas extraordinárias não sejam muito espertas. Mas são bem mais inteligentes do que muita gente imagina. Estudos recentes mostram que eles sabem interpretar quando estamos mentindo!

    Sim, é isso mesmo. Os cães percebem quando você passa uma informação na qual não podem confiar. Por um tempo, eles até seguem gestos e comandos, mas não demoram para descobrir quando estão sendo feitos de bobos.

    Como passam um bom tempo da vida ouvindo seus donos, se você muda seu comportamento de forma abrupta, o cão vai sentir isso. Uma vez que o cachorro identifica que a pessoa não é confiável, ele para de seguir os comandos.

    Atenção

    O senso comum de que os únicos focos dos cães são comida, água e abrigo não é preciso. Em vez disso, os animais focam no comportamento e ações de seus donos.

    Não leva muito tempo para que o cão aprenda a julgar ações humanas. E ele fica atento às atividades humanas com o intuito de saber em quem pode confiar, especialmente quando o assunto é comida.

    Para julgar os humanos a sua volta, os cães usam, além de expressões e ações, mudanças de comportamento e cheiros.

    Os cães podem identificar uma gravidez muito antes do que qualquer obstetra. Isso acontece por conta das mudanças hormonais no corpo feminino, o que provoca novos odores.

    Boa parte do cérebro dos cães é dedicada à análise de aromas. Essa habilidade os leva a avaliar com precisão os odores e perceber mudanças químicas ou doenças em humanos.

    Experimentos

    Cão petisco - Foto Pixabay

    Em muitos casos, se o dono aponta para algum objeto, automaticamente o cachorro segue as instruções e correm na direção daquele item para cheirá-lo. Pesquisadores da Universidade de Kyoto, no Japão, usaram esse tipo de comportamento para estudar a maneira como os cães pensam.

    Na primeira rodada de testes, o dono apontava na direção de uma caixa contendo petiscos. Invariavelmente, os cães seguiam o comando e corriam até a caixa.

    Na segunda rodada, os humanos apontavam na mesma direção, mas agora não havia mais comida. Sem perder a ternura, os cães corriam até a caixa, cheiravam e voltavam.

    Com as caixas cheias de petiscos, uma terceira rodada teve início. E os cães ficaram hesitantes em seguir o comando para ir até o destino indicado pelo dono. Ou seja, identificaram rapidamente o nível de confiança daquela pessoa.

    Os pesquisadores resolveram trocar o humano nessa terceira rodada. E os cães seguiam felizes os comandos dados por essa pessoa. Ou seja, não é porque um tentou enganar que todos os outros tentarão.

    Essa pesquisa mostrou que os cães estão sempre atentos para saber se as pessoas mentem ou não. Quando eles detectam uma mentira, seu comportamento muda e eles se lembram de quem podem confiar.

    Confiança 

    Cão confiança - Foto Pixabay

    Os cães têm uma inteligência social que costuma ser subestimada pelos humanos. Essa esperteza sofisticada evolui com o tempo que o animal convive com seu dono.

    É preciso entender que existe a possibilidade de o cão não acreditar mais em um dono que mente compulsivamente. E o humano perde a confiança de uma companhia tão fiel.

  • Back to top