Olha, mãe! Cães brincam mais quando humanos estão olhando, diz estudo - Pet é pop

Olha, mãe! Cães brincam mais quando humanos estão olhando, diz estudo

Olha, mãe! Cães brincam mais quando humanos estão olhando, diz estudo
Olha, mãe! Cães brincam mais quando humanos estão olhando, diz estudo
Olha, mãe! Cães brincam mais quando humanos estão olhando, diz estudo (Foto: Alexas_Fotos/Pixabay)

Um novo estudo revelou que os cães gostam de impressionar seus donos, por isso, brincam mais quando sabem que eles estão olhando.

Veja também:

Lindsay Mehrkam, comportamentalista animal e autora principal do artigo, publicado na Animal Cognition, disse à AFP que o fato de nossos companheiros caninos estarem profundamente sintonizados com o nível de interesse que os humanos estão demonstrando está bem estabelecido.

“Mas não tínhamos conhecimento de nenhuma pesquisa que realmente mostrasse o efeito de um público humano impactando o comportamento típico das espécies, neste caso, brincadeiras de cachorro”, explicou ela.

Os pesquisadores filmaram os pares de cães sob três condições: onde o dono estava ausente, onde o dono estava presente, mas os ignorando, e onde o dono estava presente e os cobriu com atenção na forma de elogios verbais e carícias.

Para garantir que o experimento fosse robusto, eles executaram cada uma das condições três vezes ao longo de vários dias. “Descobrimos, em geral, que a disponibilidade da atenção do dono, na verdade, facilitou o jogo”, disse Mehrkam.

“É realmente impressionante que cães que têm a chance de brincar uns com os outros sempre que quiserem, no entanto, são muito mais propensos a começar a brincar quando uma pessoa está apenas prestando atenção neles”, disse o co-autor Clive Wynne, da Arizona State University.

Os pesquisadores ofereceram várias ideias sobre o que poderia estar impulsionando o efeito. Uma possibilidade é que a atenção do dono seja uma recompensa que os cães procuram, como crianças pequenas implorando aos pais que os observem enquanto exibem o que podem fazer.

Os cachorros também podem ter aprendido que brincar entre si leva a prêmios maiores, como o dono entrar na diversão ou levá-los para fora.

Ou o dono pode dar aos cães uma sensação de segurança, porque embora os animais usem brincadeiras para fortalecer os laços, às vezes isso pode ficar tenso e levar à agressão. Ter uma pessoa por perto é um seguro contra uma briga.

A presença de seu humano também pode ser um gatilho que enriquece o ambiente geral, talvez causando um aumento do hormônio do amor, oxitocina, que leva a um estado emocional mais positivo que, por sua vez, se manifesta como brincadeira.

“É um daqueles tipos de estudos que levam a muito mais perguntas do que respostas”, disse Mehrkam, acrescentando que estava trabalhando para desvendar os vários fios dos experimentos em andamento.

Confira o estudo completo aqui.

  • Back to top