O que você precisa saber para viver num apartamento em harmonia com seu cão e os vizinhos - Pet é pop

O que você precisa saber para viver num apartamento em harmonia com seu cão e os vizinhos

O que você precisa saber para viver num apartamento em harmonia com seu cão e os vizinhos
O que você precisa saber para viver num apartamento em harmonia com seu cão e os vizinhos
O que você precisa saber para viver num apartamento em harmonia com seu cão e os vizinhos (Foto: Leohoho/Unsplash)

Se você mora em um apartamento com um cachorro, pode ser difícil manter a harmonia entre você, seu animal de estimação e seus vizinhos. Confira algumas dicas para que todos possam viver felizes em apartamentos!

Veja também:

+ As 10 melhores raças de cães para quem mora em apartamento sem jardim
+ Vídeo: cãozinho extremamente corajoso não foge da briga com leopardo
+ Cães passam por luto quando algum outro cachorro da casa morre

Seu apartamento à prova de filhotes

Os cães geralmente são animais curiosos. De acordo com o Dr. Paul Kangethe, veterinário residente da FarmKenya Initiative, aconselha que você instale travas adequadas em armários, armários e portas ao redor de sua casa. Isso poupará você do desespero de ter produtos derramados, roupas rasgadas e sapatos mastigados pela casa.

Controle os latidos do seu cão

É importante controlar os latidos para que o animal de estimação não seja um incômodo e você não cause estresse aos seus vizinhos. Como você consegue isso? Caso esteja querendo adotar um novo cachorro para viver com você no apartamento, escolha uma raça que seja calma e garanta que o animal permaneça feliz e bem alimentado e que não haja gatilhos que o estressem. Confira algumas raças calmas!

Caso seu cachorro seja de uma raça que costuma latir, o Dr. Kangethe explica que você pode aprender a dessensibilizar seu cão à maioria dos estímulos, pois os sons do seu apartamento podem causar latidos desnecessários.

Um dos truques é aprender a colocar seu cão em um horário. Rotinas para estabelecer suas atividades diárias ajudarão a controlar os latidos. Estabelecer horários para tudo, principalmente da alimentação, minimizará os gatilhos de estresse.

Faça muitas caminhadas e pausas para exercícios

Os cães gostam de grandes espaços. Eles gostam de correr e brincar o máximo que podem. Por isso, é fundamental que você entenda que ter seu pet morando em um pequeno espaço pode prejudicá-lo. Para combater isso, faça pelo menos duas longas caminhadas diárias. Essas longas caminhadas e pausas também são ótimas para o seu bem-estar mental.

Controlar danos

Independentemente de quão bem comportado seu cão seja, é quase certo que ele vai destruir algo em sua casa. Eles podem arranhar o chão, quebrar as portas do armário ou manchar as paredes de alguma forma. Se isso acontecer, as chances são altas de que o dono do apartamento (no caso de aluguel) possa reter uma parte maior do seu depósito para custos de manutenção.

Benefícios para a saúde mental de ter um cão

O psicólogo Harold Herzog, professor da Western Carolina University, que estuda há muito tempo a conexão humano-animal, diz que existem 10 benefícios à saúde que estudos mostraram que os donos de animais de estimação têm.

Dentre eles estão: “Mais taxas de sobrevivência, menos ataques cardíacos, menos solidão, melhor pressão arterial, melhor bem-estar psicológico, menores taxas de depressão e níveis de estresse, menos consultas médicas, aumento da auto-estima, melhor sono e mais atividade física”, explica Herzog.



  • Back to top