O que é melhor para o seu cão? Às vezes é melhor deixar ele decidir - Pet é pop

O que é melhor para o seu cão? Às vezes é melhor deixar ele decidir

O que é melhor para o seu cão? Às vezes é melhor deixar ele decidir
O que é melhor para o seu cão? Às vezes é melhor deixar ele decidir
O que é melhor para o seu cão? Às vezes é melhor deixar ele decidir (Foto: Justin Veenema/Unsplash)

Você sabe da importância de permitir que seus cães tenham escolhas? Isso significa que eles podem decidir onde dormir, passear e brincar. Confira!

Veja também:

Se coloque no lugar de um cão, com uma pessoa sempre controlando sua decisões, mesmo as menores. Com o tempo, você começará a se sentir insignificante e ansioso. O mesmo acontece com eles.

Pode-se dizer que, em comparação com o cérebro canino, o cérebro humano é muito mais capaz de fazer escolhas informadas e decisões adequadas ao contexto. Mas isso não significa que um cão não possa tomar uma decisão ou escolher entre várias opções.

De acordo com a Dra. Susan Friedman, como os humanos, quando os cães têm controle ou conhecimento do resultado de um evento (ou seja, liberdade de escolha), eles são menos propensos a se tornarem agressivos ou ter problemas de comportamento.

Cães ariscos constroem confiança e cães independentes canalizam sua energia durante o processo de tomada de decisões. Para qualquer animal, é menos estressante sentir que há uma escolha do que ser forçado a uma posição ou outra.

As escolhas nem sempre precisam ser significativas, podem ser tão simples como permitir que o cão decida se quer ser acariciado ou não. Um cão que aborda os convidados sozinho tem menos probabilidade de se sentir ansioso ou na defensiva do que quando os convidados invadem seu espaço para cumprimentá-lo.

O contexto em que as escolhas são oferecidas é certamente relevante. Há momentos em que, devido aos riscos para a segurança dos cães, não há absolutamente nenhuma maneira de eles serem autorizados a fazer uma decisão. Nesses casos, precisamos tomar decisões em seu nome.

No entanto, existem muitas situações de baixo risco em que nossos cães podem fazer escolhas com segurança: com qual brinquedo brincar, em que direção dar uma caminhada, em qual árvore fazer xixi, por quanto tempo farejar a grama e assim por diante.

Essas pequenas decisões ajudam muito a fortalecer um relacionamento existente e a construir laços duradouros com nossos cães. Os cães que estão confiantes porque têm algum controle sobre suas ações e o ambiente tornam-se menos nervosos, ansiosos ou estressados. Quando os cães têm menos medo, a possibilidade de comportamento “agressivo” indesejável é significativamente reduzida.

Reserve um tempo para pensar em como você pode conceder a seu cão alguma liberdade de escolha. Identifique cinco coisas que você se sente confortável em deixar ele decidir diariamente. Então, em vez de ordenar que seu cão faça algo, permita que ele seja o influenciador de certos resultados.

  • Back to top