O gato tem a mania de morder o seu pé? Entenda por que e saiba o que fazer - Pet é pop

O gato tem a mania de morder o seu pé? Entenda por que e saiba o que fazer

O gato tem a mania de morder o seu pé? Entenda por que e saiba o que fazer



O gato tem a mania de morder o seu pé? Entenda por que e saiba o que fazer
O gato tem a mania de morder o seu pé? Entenda por que e saiba o que fazer (Foto: Pawel Adamczak janusze_zycia/Unsplash)

O que fazer se o seu gato tem mania de morder o seu pé? Esse hábito é muito incômodo e pode ter muitas causas. Confira algumas delas e as possíveis soluções para esse problema.

Veja também:

Saiba como exercitar o seu gato brincando
Gatos caseiros também pegam pulgas; saiba como proteger o seu
Saiba interpretar as mensagens que seu gato emite pelo rabo

Os gatos são seres enigmáticos e, muitas vezes, temos dificuldade em descobrir o que significa seu comportamento. Parece que, ao contrário de outros animais de estimação, como cães, os gatos às vezes podem agir de forma imprevisível e inexplicável.

No entanto, nossos amigos peludos também podem aprender a se comportar se os treinarmos. Mas isso tem que acontecer desde cedo. Uma vez que nossos gatos já adquiriram comportamentos desagradáveis, como morder seus pés, podemos ficar preocupados, pois não sabemos como lidar com o problema. Mas esse problema tem várias causas e existem maneiras de corrigi-lo. Confira algumas delas:

1. Tédio

Um dos principais motivos pelos quais seu gato morde seus pés ou suas pernas é o tédio. O instinto de caça que é inato a todos os felinos faz com que eles naturalmente queiram pegar tudo o que vêem em movimento. E se o seu gato passa muito tempo sozinho ou você não presta atenção suficiente a ele, é muito provável que ele tente persegui-lo. Isso porque brincar é uma forma de estimular seu instinto de caça.

Se o seu gato tem que desenvolver seu instinto de caça por conta própria, seus pés ou tornozelos são a presa perfeita para perseguir, pois eles estão acessíveis e estão sempre em movimento. Desta forma, o gato se divertirá tentando pegar você e, ao mesmo tempo, fará com que você preste atenção às suas necessidades.

Para evitar que isso aconteça, recomendamos que você brinque com seu gato com frequência e, se não puder, ofereça a eles brinquedos seguros que podem ajudar a mantê-los entretidos ao longo do dia. Você pode trocar seus brinquedos tanto quanto for necessário.

2. Excesso de empolgação

Os animais de estimação muitas vezes não sabem como controlar seu excesso de energia e emoção. Esta é provavelmente a razão por que seu gato se abaixa para morder seus pés ou pernas quando algo acontece que o deixa muito feliz. Pense nas vezes que seu gato morde seus pés. Estes são provavelmente os momentos em que você está brincando com eles ou oferecendo a eles um tratamento especial que eles realmente gostam.

Embora a causa deste problema não seja necessariamente ruim, é muito importante que você ensine a seu gato que machucar você não é uma coisa boa. Para corrigir esse comportamento, você pode usar reforço positivo. Para evitar que seu gato continue a morder seus pés, pare o que você está fazendo, seja alimentando-o ou brincando com ele. Em seguida, ajude o gato a se acalmar e, quando ele estiver calmo, recompense-o jogando novamente ou dando-lhe um petisco.

3. Mal-estar

Se seu gato morde seus pés quando você está dormindo ou descansando, é recomendável que você verifique a saúde dele. Certifique-se de que seu gato não tenha ferimentos ou não se sinta enjoado. Quando os gatos estão desconfortáveis ​​ou doentes, eles procuram sua atenção. Eles estão tentando avisá-lo de que precisam de sua ajuda, e uma das muitas maneiras de fazer isso é mordendo seus pés.

Se o seu gato não estiver doente, o desconforto pode vir de ter sido movido de um lugar ou posição onde era confortável ou seguro para um onde não se sentisse confortável. Então, eles vão reagir a isso com desconforto, porque percebem isso como uma possível ameaça.

4. Comportamento agressivo

Alguns gatos mordem seus pés ou tornozelos simplesmente porque são agressivos. Isso pode ser devido a problemas de socialização que eles têm desde que eram filhotes ou a um ambiente que gera estresse para eles. Se o seu gato estiver em uma dessas situações, eles podem atacá-lo como uma forma de autodefesa.

Se você se encontrar em uma situação em que seu gato está mordendo seus pés devido ao estresse, recomendamos que você entre em contato com um veterinário ou um etologista felino o mais rápido possível. Eles poderão ajudá-lo a identificar a origem da agressão do seu gato.

Dessa forma, tanto o seu gato quanto as pessoas que dividem o espaço com ele poderão lidar com esse problema de maneira mais eficaz. Se o seu gato for muito agressivo ou as mordidas causarem ferimentos graves, você também deve procurar atendimento médico assim que for mordido.

Possíveis soluções

Agora que você já sabe quais são as causas possíveis do seu gato ter a mania de morder seus pés, vamos falar sobre as possíveis soluções. Caso o problema com o qual você está lidando não requeira a ajuda de um especialista, confira como resolver essa situação por conta própria.

  • Oportunidades para brincar e comportamento predatório: forneça ao seu gato brinquedos, torres, prateleiras altas e esconderijos suficientes que permitam que ele explore sua casa e se divirta enquanto você estiver fora. Lembre-se de que os brinquedos e objetos que você escolher devem ser adequados e seguros para o seu gato.
  • Interação humano-gato positiva, consistente e previsível: reserve algum tempo em sua agenda para ficar com seu gato. Se possível, deve ser sempre no mesmo horário do dia. Você pode acariciar seu gato e brincar com ele, ou se ele gostar de explorar as áreas circundantes, vocês podem dar um passeio juntos.
  • Dê ao seu gato um amigo para brincar: se o seu gato passa muito tempo sozinho, uma solução que você pode considerar é adotar um novo gatinho para que eles possam fazer companhia um ao outro. Antes de tomar essa decisão, certifique-se de que seu gato tem um caráter sociável e que gosta de passar o tempo com outros felinos. Além disso, tenha em mente que adotar um novo animal de estimação é uma grande responsabilidade.
  • Faça uma visita ao veterinário: existem certas condições ou doenças que desencadeiam reações agressivas em gatos. É por isso que é sempre importante visitar o veterinário pelo menos duas vezes por ano para se certificar de que seu gato está com boa saúde e em boas condições físicas gerais.

Veja também:

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ 5 dicas para escolher o modelo ideal de sofá para a sala de estar

+ Pessoas que gostam de cerveja IPA têm personalidade parecida, diz estudo. Saiba mais!

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!

+ Gato e porquinho viram melhores amigos quando passaram a viver na mesma casa

+ CPTM atualiza mapa das linhas da CPTM e Metrô

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Bandeirantes contrata atriz de fimes adultos Maru Karv para o canal SexPrivé

+ De biquíni verde cavado Lívia Andrade arranca elogios da web ao tomar banho de sol

+ Irmã de Juliana Caetano exibe corpão e brinca com fãs: “O que te faz ver estrelas?”

+ Aos 68 anos, Bruna Lombardi posta foto de biquíni ‘contra sua vontade’

+ Marcella Rica e Vitória Strada vão se casar

+ Vídeos íntimos de Raissa Barbosa vazam em sites de conteúdo adulto

+ Ellen Rocche posta foto de ensaio nu na ‘Playboy’ e ganha elogios dos fãs

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada

+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona

+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos

+ Líder de seita sexual apocalíptica é condenado a 1.075 anos de prisão

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ ‘Borboletas no estômago’ indicam algo além de estar apaixonado

+ 10 sinais de que seu parceiro não te ama (como você gosta dele)


  • Back to top