Nova logística promete baratear custos de distribuição e preços da Royal Canin - Pet é pop

Nova logística promete baratear custos de distribuição e preços da Royal Canin



Visando melhorar o atendimento, a Royal Canin, indústria de alimentos para gatos e cães buscava por uma ferramenta de roteirização para otimizar seus processos de distribuição. Com fábrica no interior de São Paulo e um Hub, que é o seu maior operador de distribuição, e mais dois centros de distribuição posicionados de forma estratégica em Cajamar/SP e Duque de Caxias/RJ, o planejamento de rotas de maneira eficiente e inteligente tornou-se fundamental.

“Do ponto de vista logística, nosso maior desafio é o atendimento. Como  somos uma indústria de alimentos Super Premium, queremos oferecer ao nosso cliente um atendimento à altura”, afirma Sandro Roelli, Gerente de Supply Chain da Royal Canin.

Hoje, no time de vendas da Royal Canin, um consultor realiza visitas durante o dia, com o foco no atendimento de pet shops, clínicas veterinárias e criadores de gatos e cães. Os clientes têm todo o respaldo técnico para elaborar seus pedidos. Nessa segunda fase, começa o processo de roteirização com a separação das cargas a serem entregues já no próximo dia e o embarque nos caminhões que realizarão as entregas.

O sistema de roteirização da RoutEasy adicionou não apenas essa visibilidade das rotas diárias, como trouxe agilidade nas respostas em caso de contratempos. No passado, o cliente tinha um problema, ligava para a empresa e essa, por sua vez, entrava em contato com a transportadora para tentar resolver ou abria uma reclamação. Essa resposta levava em média de 24h a 72h. Atualmente, a Royal Canin possui um painel de monitoramento que responde on-line ao cliente, na hora.

“Conseguimos aprimorar o nível do nosso atendimento. Nosso score de satisfação de cliente atinge 4,9 numa escala de 5. Ao focar no atendimento e a resolução dos problemas rapidamente, por meio da ferramenta da RoutEasy, ajudamos não apenas o setor de logística, como toda área de Vendas”, afirma Roelli.

Com uma plataforma em nuvem, adaptada ao modelo da operação e que pode ser integrada a outros sistemas para auxiliar a logística em todas as etapas do planejamento até a finalização do serviço no cliente, a RoutEasy proporciona visibilidade total para a operação da Royal Canin, que começa o dia com clareza das rotas que cada caminhão vai percorrer, atendendo os clientes com mais agilidade.

“Todas as operações diretas da empresa utilizam RoutEasy na operação. Estamos ampliando para os nossos principais clientes e queremos adaptar a ferramenta para Vendas. Hoje meu Consultor me liga e diz ‘você pode me falar que horas vai entregar um pedido?’. Então, nosso projeto é desenvolver uma tela no qual ele consiga visualizar no seu tablet, o que facilita para todas as partes”, explica o Gerente de Supply Chain da Royal Canin.

“O projeto na Royal Canin nos mostra que um trabalho integrado e focado na solução e melhoria dos serviços culmina na satisfação dos clientes. Nossa solução, focada nas operações de last mile, beneficia os negócios com aumento de performance e permite mais visibilidade para a operação e para os clientes finais”, exemplifica Caio Reina, CEO da RoutEasy que emenda “o empoderamento que a visibilidade traz impacta diretamente na percepção da experiência final do cliente com relação ao serviço de transporte oferecido.”

Veja também

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las
+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’
+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância
+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • Back to top