Mulheres dormem melhor com um cão na cama do que com um homem, indica estudo - Pet é pop

Mulheres dormem melhor com um cão na cama do que com um homem, indica estudo

Mulheres dormem melhor com um cão na cama do que com um homem, indica estudo
Mulheres dormem melhor com um cão na cama do que com um homem, indica estudo
Mulheres dormem melhor com um cão na cama do que com um homem, indica estudo (Foto: Rafal Jedrzejek/Unsplash)

Um estudo descobriu que as mulheres dormem muito melhor com um cachorro na cama do que com um homem.

Veja também:

+ Cientistas estudam 30 mil cães para esticar a vida e melhorar a velhice dos bichos
+ Estudo mostra que alguns cães têm inteligência e talento muito acima da média
+ Pesquisa revela as mudanças provocadas pela pandemia em nossos pets

A pesquisa, realizada pelos cientistas do Canisius College, em Nova York, mostrou que 55% das pessoas analisadas dormiam com seus cachorros em suas camas enquanto 57% das mulheres compartilhavam sua cama com o companheiro.

Para chegar aos resultados, os pesquisadores monitoraram os padrões de sono de 962 mulheres nos EUA para determinar quando as mulheres têm a melhor qualidade de sono. Verificou-se que mulheres com cães em suas camas tiveram seu sono menos perturbado e tiveram maior sensação de conforto e segurança em comparação às mulheres que dormiram com seus parceiros.

Aqueles com cães também têm a vantagem de ter uma programação diária semelhante com seu amigo canino, pois vão para a cama mais cedo e têm um sono mais profundo do que mulheres com gatos ou homens.

No entanto, as donas de gatos tiveram seu sono mais perturbado do que os cães, pois os felinos são mais propensos a acordar seus donos durante a noite.

Os autores do estudo, Christy L. Hoffman, Kaylee Stutz e Terrie Vasilopoulos, disseram que não havia muita diferença entre gatos e homens: “Gatos que dormiam na cama de seus donos eram considerados tão perturbadores quanto parceiros humanos, e foram associados a sentimentos mais fracos de conforto e segurança do que os humanos e os parceiros de cama de cachorro.”

Confira o estudo completo aqui.

  • Back to top