Mulher contrai infecção mortal após ser mordida por gato que tentava resgatar - Pet é pop

Mulher contrai infecção mortal após ser mordida por gato que tentava resgatar

Mulher contrai infecção mortal após ser mordida por gato que tentava resgatar
Mulher contrai infecção mortal após ser mordida por gato que tentava resgatar
Mulher contrai infecção mortal após ser mordida por gato que tentava resgatar (Foto: Max Sandelín/Unsplash)

Uma mulher foi forçada a se submeter a uma cirurgia de emergência após contrair uma infecção potencialmente mortal depois que salvou sua gata que quase caiu pela janela.

Veja também:

+ Dono reserva toda a classe executiva de avião para cachorrinho viajar com estilo
+ Mark Hamill, o Luke Skywalker de ‘Guerra nas Estrelas’, reage ao ver ‘Gato Vader”
+ Por que os gatos preferem sentar em superfícies duras, e não nas mais fofas?

Kate Gill, de 27 anos, estava tomando um xícara de chá em casa quando ouviu um terrível barulho estridente vindo do andar de cima de sua casa, que, segundo ela, parecia o grito de uma “criança pequena”.

Horrorizada, a jovem correu para cima e viu as duas patas traseiras de sua gata, Daisy, agarradas ao batente da janela. Com medo de que a felina fosse cair no chão, Kate pediu ajuda de seu marido, Colin, de 30 anos.

Enquanto segurava Daisy pelas patinhas traseiras, a gata repetidamente afundou suas presas nas costas da mão esquerda de Kate. Após o resgate e aliviada por Daisy estar bem, Kate enxaguou a mão ensanguentada com água da torneira, passou creme anti-séptico, envolveu a ferida com uma bandagem e seguiu com seu dia.

No entanto, algumas horas depois, sua mão começou a inchar, então ela foi ao pronto-socorro, onde os médicos limparam a ferida, aplicaram-lhe uma injeção antitetânica e antibióticos para combater a infecção.

Apenas 24 horas depois, sua mão dobrou de tamanho e ela começou a notar marcas vermelhas no braço e foi aconselhada por seu médico a voltar ao hospital. Lá, Kate foi internada em uma enfermaria onde foi bombeada com antibióticos antes de ser submetida a uma operação para limpar a ferida infectada.

Kate agora está compartilhando sua história para incentivar qualquer pessoa que for mordida ou arranhada por um gato a procurar atendimento médico imediatamente.

“Foi um choque porque sempre tive gatos e, obviamente, quando eles estão brincando ou estão de mau humor, fui mordida ou arranhada antes sem que nada tão drástico acontecesse. Todo mundo viu nas redes sociais e ninguém percebeu como as mordidas de gato podem ser ruins”, alertou.

“As pessoas presumem que mordidas de cachorro seriam piores, mas o médico disse que mordidas de gato são muito piores por causa de quão pequenos e afiados seus dentes podem ser. Eles podem aprofundar a infecção e, por ser um orifício menor, ele pode se fechar”, disse.  “Se você for arranhado ou mordido, vale a pena dar uma olhada.”

Apesar de causar um drama de alguns dias, Kate disse que está totalmente curada e que está tudo bem com Daisy. “Ela ficou muito feliz por eu ter tentado salvar sua vida. Estou bem agora, só tenho uma pequena cicatriz. Tudo foi perdoado com Daisy.”

  • Back to top