Mulher com doença terminal procura uma nova família para a sua cachorrinha - Pet é pop

Mulher com doença terminal procura uma nova família para a sua cachorrinha

Mulher com doença terminal procura uma nova família para a sua cachorrinha
Mulher com doença terminal procura uma nova família para a sua cachorrinha
Mulher com doença terminal procura uma nova família para a sua cachorrinha (Foto: Kulli Kittus/Unsplash)

Valerie Alexander, da Filadélfia (EUA), está procurando uma nova família para sua cachorrinha, Rosie, para garantir que ela seja cuidada depois que ela morrer de uma doença terminal.

Veja também:

+ De cortar o coração: fotógrafa registra últimos momentos de donos com seus cães em estado terminal
+ Vídeo: Cão esperto e guloso aprende como ter acesso aos petiscos
+ Cão raro da Patagônia é o parente mais próximo dos pastores originais, indica estudo

Valerie tem câncer cerebral e seu médico lhe disse que ela só tem algumas semanas de vida. Agora, sua principal preocupação é encontrar um lar seguro e amoroso para sua fiel companheira. “Ela é parte da minha família. Ela é minha filha.”

Menos de 24 horas depois que ela falou com Chris O’Connell, da FOX 29, sobre seu último pedido, mais de 300 pessoas entraram em contato para ajudar Rosie. Agora vem a busca para encontrar Rosie uma combinação perfeita de centenas de adotantes interessados, para que Alexander possa encontrar a paz.

Charles Bowles, um dos amigos íntimos de Alexander que tem ajudado na busca pelos novos donos de Rosie, disse que eles aprenderam muito sobre as pessoas que procuraram ajudar e uma vez que Rosie encontra seu novo lar, ele quer ajudar o resto da família.

“Val é a mais forte. Ela segurou e inspirou pessoas da Califórnia a chegarem. Agora, minha intenção é encontrar um cachorro sem-teto para todos eles, custe o que custar”, disse Bowles ao veículo de notícias.

Rosie esteve lá para sua dona nos bons e maus momentos, e é por isso que é tão importante para Valerie não apenas encontrar um bom lar para Rosie, mas também conhecer seu novo dono antes que ela morra.

“Quero ter certeza de que ela receba tanto amor depois que eu me for quanto ela dá. Não quero que ela fique triste, trancada em uma gaiola ou maltratada. Quero alguém que a ame”, explicou ela sobre seu desejo final.



  • Back to top