Mudou de casa e levou seu gato? Veja tudo o que você precisa saber - Pet é pop

Mudou de casa e levou seu gato? Veja tudo o que você precisa saber

Mudou de casa e levou seu gato? Veja tudo o que você precisa saber
Mudou de casa e levou seu gato? Veja tudo o que você precisa saber
Mudou de casa e levou seu gato? Veja tudo o que você precisa saber (Foto: Fidel Fernando/Unsplash)

Mudar para uma casa nova é estressante para todos, especialmente para os gatos. Veja tudo o que você precisa saber para acalmar seu felino, de acordo com especialistas!

Veja também:

+ Especialista compartilha 6 dicas para dar um upgrade no visual do seu gato
+ Pesquisa revela as mudanças provocadas pela pandemia em nossos pets
+ O que o meu gato pensa quando me vê? A ciência ainda engatinha, mas traz pistas

Quanto tempo você deve manter um gato dentro de casa depois de se mudar?

Os gatos normalmente têm uma forte conexão com suas casas e podem se sentir estressados ​​e vulneráveis ​​se levados para algum lugar desconhecido. Se deixar ele sair imediatamente, seu gato pode ficar desorientado e se perder, ou pode começar a procurar um caminho de volta para sua antiga casa.

Os veterinários geralmente sugerem manter os gatos dentro de casa por um período de 2 a 6 semanas após a mudança para casa, para permitir que eles se acostumem ao novo ambiente e cheiros.

Dependendo do caráter individual do gato, esse período pode variar, se o seu gato parece confiante e frustrado por ser mantido dentro de casa, pode ser seguro deixá-lo sair mais cedo. Se o seu gato fica facilmente assustado e nervoso, ele deve ser mantido dentro de casa pelo tempo que for necessário.

Crie ambientes seguros para seu felino na casa nova

Há algumas coisas que você precisa planejar com antecedência para garantir que seu amigo felino se sinta confortável em seu novo território, antes que ele esteja pronto para enfrentar o mundo exterior novamente.

Janelas, portas e abas para gatos devem ser mantidas fechadas. Isso impede que seu animal de estimação escape para fora ou ficar curioso para explorar a área.

Um dos cômodos da sua nova casa deve se tornar um “quarto seguro” para o gato, ou seja, um cômodo com comida e brinquedos, e onde eles possam se retirar se o resto da casa ficar sobrecarregado.

Uma vez que eles se lembram do perfil olfativo da sua nova casa, os gatos são capazes de encontrar o caminho de volta com sucesso.

O que devo fazer se meu gato não voltar?

Há um grande risco de seu gato não retornar se for solto logo após a mudança. Se o seu gato desaparecer, verifique primeiro o jardim e a área ao redor, pois eles podem estar presos em algum lugar próximo.

Mostre uma foto do seu gato para seus novos vizinhos e peça que eles verifiquem seus jardins, galpões e carros. Se o seu gato foi microchipado, informe o seu banco de dados de microchips o mais rápido possível para que eles possam colocar uma nota no registro do seu animal de estimação.

Caso você tenha se mudado para alguns quilômetros de sua antiga casa, entre em contato com os novos inquilinos e verifique se eles viram alguma coisa, seu gato pode ter encontrado com sucesso um caminho de volta para lá.

Além disso, você também pode entrar em contato com veterinários locais e perguntar se seu gato foi trazido por alguém.

Como saber se meu gato está pronto para sair?

O gato deve se sentir completamente relaxado e confortável em sua nova casa, antes de sair com segurança. A maioria dos gatos avisa quando estão prontos para se aventurar, e você deve estar lá nas primeiras vezes, para garantir a segurança deles.

Antes de sair, certifique-se de que o gato tenha alguma forma de identificação, como uma coleira com seu nome, novo endereço e número de telefone atualizado. Também é importante tê-los microchipados, para que possam ser facilmente rastreáveis.

Uma dica útil para se preparar para o grande dia é espalhar um pouco da areia usada do seu animal de estimação pelo jardim com alguns dias de antecedência, isso fornecerá um cheiro familiar ao gato e também permitirá que os gatos vizinhos saibam que há alguém novo na área.

Quando você decidir que é hora, deixe seu gato sair um pouco antes da hora da refeição para que ele fique com fome e você possa atraí-lo com sua comida favorita. Saia com ele e mantenha a porta aberta, para que seu gato possa correr para dentro se ficar sobrecarregado.

Nas semanas seguintes, deixe seu gato sair apenas uma vez por dia e por curtos períodos de tempo. Pode levar semanas e, em alguns casos, meses até que seu gato possa sair sem vigilância.

  • Back to top