Motorista atropela e mata quatro cães e fere passeador - Pet é pop

Motorista atropela e mata quatro cães e fere passeador

Motorista atropela e mata quatro cães e fere passeador
Motorista atropela e mata quatro cães e fere passeador
Motorista atropela e mata quatro cães e fere passeador (Foto: Andreas Vendelbo/Unsplash)

Um homem de 80 anos dirigindo um carro 4×4 atropelou um passeador de cães que trabalhava no bairro de Belgrano, em Buenos Aires, neste fim de semana.

Veja também:

+ Homem preso por atropelamento é acusado pela ex de ter decapitado gatos
+ Crueldade animal: 300 cães de rua são mortos por envenenamento na Índia
+ Trauma de infância faz ginasta Simone Biles detestar gatos; entenda

Embora o trabalhador não tenha ficado gravemente ferido, quatro de seus animais morreram no acidente e os moradores do bairro marcharam para exigir justiça.

O acidente ocorreu no cruzamento das ruas Mendoza e 3 de Febrero e, segundo relato de testemunhas, o motorista da Honda CRV branca fez uma má manobra ao virar a toda velocidade e não conseguiu evitar o transeunte, que estava cruzando com o sinal verde a seu favor.

“Ele matou quatro cães, mas poderia ter matado todo o rebanho e a Martín”, disse o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores Caninos, Matías Tomsich, em conversa com a agência NA.

O sindicalista disse ainda que “os vizinhos queriam linchar” o motorista, que posteriormente acumulou mais de 90 infrações de trânsito no valor de US $ 84.630 (cerca de R$ 445 mil) na cidade de Buenos Aires.

“Morreram quatro cachorros dele, ele está bem e já prestou depoimento na delegacia 13A onde estivemos presentes do sindicato. Os advogados do sindicato se colocaram à disposição para iniciar a ação correspondente e exigir justiça para Martín e seus cães”, acrescentaram, por meio de nota divulgada nas redes sociais.

Enquanto isso, diversos internautas também ecoaram a situação e convocaram uma passeata para exigir justiça tanto para os animais e seus donos quanto para o andador Martín, que estava com eles.

Ao lançar a convocação, os animais de estimação mortos no incidente eram três. Mais tarde, soube-se que um quarto cão morreu em uma clínica veterinária. “Lamentamos na alma, isso não pode permanecer assim”, escreveu a Escola Narigones, uma das organizações que promove a reivindicação, em seu perfil no Instagram.

“Os animais merecem o mesmo respeito e leis que nós. Chega, chega deles sendo os prejudicados, os inocentes”, acrescentou ele em outra de suas histórias na mesma rede. “Eles estavam andando e esse lixo pegou. Simpatizamos com o transeunte que lhe aconteceu e estamos à disposição para o que ele precisar”, finalizou a mensagem, que antecedeu um vídeo com imagens do local do acidente.

  • Back to top