Milagre: cão sobrevive a queda de 121 metros e é salvo por pescador - Pet é pop

Milagre: cão sobrevive a queda de 121 metros e é salvo por pescador

Milagre: cão sobrevive a queda de 121 metros e é salvo por pescador
Milagre: cão sobrevive a queda de 121 metros e é salvo por pescador
Milagre: cão sobrevive a queda de 121 metros e é salvo por pescador (Foto: Glen Minikin)

Frank, um cão milagroso, sobreviveu a uma queda de 121 metros de um penhasco e foi salvo por um pescador que estava por perto.

Veja também:

Stewart Wragg, o dono de Frank, estava fazendo uma caminhada com o cachorro, que sempre foi seu fiel companheiro de aventuras, quando ele percebeu que o cão não estava mais ao seu lado.

Eles estavam perto de um penhasco e Stewart ficou preocupado. “Estávamos no ponto mais alto da caminhada, mas nem me passou pela cabeça que ele pudesse ter ultrapassado o limite. Suspeitei que ele tivesse sentido o cheiro de um coelho e foi atrás dele”, contou ele ao site Mirror.

“Passamos cerca de uma hora e meia procurando por ele quando decidimos que deveríamos seguir em frente”, explicou o dono. “Eu estava desesperado de preocupação, mas os terriers são cães espertos e geralmente encontram o caminho de volta ao refazer seus passos.”

Foi quando Stewart decidiu ligar para o guarda de cães local para relatar o desaparecimento de Frank, na esperança que alguém o encontrasse e o devolvesse, caso ele não encontrasse o caminho de volta para o carro.

Quando voltou para o carro às 15h30, ele não estava lá. Mas, seu telefone começou a tocar. Seu coração despencou quando a clínica veterinária Alma Veterinary Surgery disse que Frank estava sob seus cuidados, e ele não estava se sentindo bem depois de cair do penhasco.

“Eu perguntei se eu poderia ir buscá-lo e eles me disseram que não era tão fácil assim, que eles ainda não sabiam a extensão do dano e, como ele estava sedado, eu deveria esperar até de manhã”, contou Stewart.

Owner Stewart Wragg said he has no idea how his pet survived
Frank ficou ferido depois da queda (Foto: Glen Minikin)

“Eu tive a pior noite de sono naquela noite. Eu realmente pensei que iria perdê-lo”, lamentou ele. “Tenho Frank desde que ele tem dois anos de idade, e ele é um grande amigo para mim, ficar sem ele seria horrível. Ele significa muito.”

Stewart não conseguia acreditar como Frank havia caído do penhasco, sendo encontrado por um pescador que o havia tirado da praia, enrolado em uma toalha e entregado à RSPCA. “Se ele fosse um humano, ele estaria morto. Ele caiu e caiu sobre o lado esquerdo. Alguém estava olhando por ele naquele dia porque ele sobreviveu àquela queda, eu não sei”, disse ele, atordoado.

O pescador que o salvou estava por perto procurando por bons pontos de pesca durante a maré que estava entrando. Se ele não tivesse sido encontrado então, ele teria sido levado pelo mar.

Apesar de ter sobrevivido, Frank ficou com as pernas esquerdas dianteira e traseira quebradas e alguns dentes faltando. Agora, o cãozinho está de volta em sua casa, se recuperando após receber cuidados veterinários. Seu joelho traseiro foi reconstruído com policarbonato.

“Quando eu pude ver Frank, foi incrível”, relembrou ele. “Ele não conseguia andar e ficou gravemente ferido, mas ainda abanava o rabo como um louco. Estou muito grato por ele estar vivo. Poderia ter tido um final muito diferente.”

“Aprendi da maneira mais difícil que preciso manter meu cachorro na coleira quando estivermos andando em penhascos no futuro”, concluiu Stewart.

Frank is recovering at home with owner Stewart Wragg
Stewart Wragg e Frank (Foto: Glen Minikin)
  • Back to top