Homem sai da prisão, tenta buscar seu cão, mas sua irmã não quer mais devolver - Pet é pop

Homem sai da prisão, tenta buscar seu cão, mas sua irmã não quer mais devolver

Homem sai da prisão, tenta buscar seu cão, mas sua irmã não quer mais devolver
Homem sai da prisão, tenta buscar seu cão, mas sua irmã não quer mais devolver
Homem sai da prisão, tenta buscar seu cão, mas sua irmã não quer mais devolver (Foto: Sahand Khorshidi/Unsplash)

Uma mulher assumiu a responsabilidade do cachorro de seu irmão enquanto ele estava na prisão, mas, quando ele saiu, ela se recusou a devolvê-lo. Agora sua família se voltou contra ela, e até seus pais ficaram do lado dele.

Veja também:

+ Homem que aparece em vídeo chutando um gato no mar pode pegar 10 anos de prisão
+ Vídeos hilários: golden retriever usa fone de ouvido para conviver com huskies que não param de berrar
+ Gucci lança a mais luxuosa coleção de acessórios para cães e gatos

Libby foi ao Reddit para pedir conselhos a outros usuários, explicando que seu irmão de 34 anos, Allan, ficou preso por seis meses e não confiava em sua namorada de 35 anos, Claire, para cuidar de seu cachorro.

Eles fizeram um acordo de que Libby cuidaria do Yorkshire Terrier de seu irmão, chamado Hachi, e Allan pagaria todas as despesas. Claire deveria visitar todo fim de semana para passear com Hachi e dar comida a ele, mas, depois de dois meses, ela parou e começou a inventar várias desculpas.

Quando Hachi desenvolveu uma infecção e precisou ir ao veterinário, Claire não respondeu ao chamado de Libby. “Eu paguei as contas do veterinário e remédios”, disse Libby. “Não fui reembolsada. Cuidei de Hachi enquanto Allan estava na cadeia.”

Depois que Allan foi libertado da prisão, ele e Claire viajaram para a América do Sul para uma viagem de duas semanas, que se transformou em uma viagem de dois meses e meio. O tempo todo, Libby cuidava de Hachi em casa.

Então, quando Allan finalmente voltou, ele não visitou Hachi nem tentou levá-la de volta. “E toda vez que eu trazia as contas do veterinário, comida e outras despesas, Allan só fazia promessas”, disse Libby. “Depois da viagem deles, eu estava convencida de que nunca seria paga e já tinha decidido que ficaria com Hachi.”

Após 10 meses de Hachi sob os cuidados de Libby, Allan finalmente foi ao apartamento dela e pediu seu cachorro de volta. “Eu disse a ele que não, que Hachi é meu cachorro agora e não vou entregá-la”, relatou. “A única maneira de ele conseguir Hachi é por meio de uma ordem judicial.”

Agora, os pais ficaram do lado de Allan e acusaram Libby de roubar o cachorro de seu irmão. Apesar do resto da família discordar dela, muitos usuários do Reddit apoiaram Libby e criticaram Allan.

“Hachi foi efetivamente abandonada por seus donos e você a acolheu e assumiu as responsabilidades e os custos de seus cuidados. Ela é sua”, afirmou um internauta.

“Se seu irmão se importasse, ele teria pelo menos tentado pagar você e ver o cachorro imediatamente, em vez de tirar férias de dois meses e meio!”, concordou outro.

Apesar disso, alguns não apoiaram totalmente a posição de Libby, com uma pessoa dizendo: “Não estou totalmente do seu lado porque, como você mencionou, acho que você decidiu manter o cachorro e estava procurando desculpas para validar essa decisão.”

Outros internautas alertaram Libby para ficar de olho no caso de Allan tentar sorrateiramente levar Hachi embora de sua casa enquanto ela estivesse distraída.



  • Back to top