Homem cego pede descrições de cães e cativa rede social - Pet é pop

Homem cego pede descrições de cães e cativa rede social

Stephen William Dale Shkuratoff, canadense cego e amante de cães - Foto Facebook



Stephen William Dale Shkuratoff, canadense cego e amante de cães - Foto Facebook

Há no Facebook um grupo chamado Dogspotting Society. Seus membros compartilham fotos e vídeos dos bichinhos nas mais variadas situações. Nas legendas, geralmente vão o nome do cãozinho e o local onde a imagem foi capturada.

Morador da cidade canadense de Calgary, Stephen Shkuratoff faz parte do grupo. Amante de cães e cego – e, portanto, impossibilitado de ver as imagens -, ele publicou o seguinte post no grupo em novembro passado:

“Amo ser um membro deste grupo! Eu sou cego e gostaria de pedir descrições dos cães. Os traços de personalidade são mais úteis que as cores. Dizer, por exemplo, como o cachorro é macio ajuda. Um bônus é informar se os cães estão sendo beijados e aconchegados. Obrigado por me fazer sentir incluído. Espero que ninguém se incomode comigo por pedir as descrições.”

Stephen William Dale Shkuratoff, canadense cego e amante de cães - Foto Facebook

Ninguém se incomodou. Pelo contrário! O post de Shkuratoff recebeu mais de 2.000 respostas. Algumas descrições são gigantescas e discorrem sobre matilhas de até sete bichinhos.

Em comum, todas têm aquela dose de amor que a convivência com cães desperta na maioria dos seres humanos.

Stephen William Dale Shkuratoff, canadense cego e amante de cães - Foto Facebook

“Meus dois cães, Frank e Tipsy, são pitbulls que adotei no abrigo da minha cidade. Ambos são bem pequenos. Frank é baixo e troncudo, Tipsy é esbelto e musculoso. Frank é um bebê enorme e choraminga muito. Tipsy é alegre e ama a tudo e a todos. Eles agem como pais de meus três gatinhos e de todos os outros animais que eu trago para casa. Eles gostam de abraçar!”, escreveu Joy Violet

Stephen William Dale Shkuratoff, canadense cego e amante de cães - Foto Facebook

“Meu Thay é um pastor alemão misturado com… bem… não sabemos, mas ele é dono da alma mais doce. Embora ele tenha quase 14 anos de idade, ainda corre como o vento e pula. Seus ouvidos parecem veludo, e seus olhos dourados ainda brilham. Quando o alerta do meio-dia soa, ele inclina a cabeça para trás e uiva. Talvez ele até tenha um pequeno lobo dentro de si. 🙂 Ele é meu melhor amigo, meu garoto, meu coração”, postou Valerie Loomis.

Depois de receber tanto carinho em forma de descrições, o canadense fez outro post agradecendo a dedicação das pessoas. E as pessoas aprenderam que, com um pouco de esforço, é possível fazer muito pela inclusão.

Stephen William Dale Shkuratoff, canadense cego e amante de cães - Foto Facebook

“Queria agradecer a todos novamente pela incrível resposta ao meu último post no mês passado! Fiquei me perguntando se alguém não se importaria de descrever seus cães ou apenas me atualizar sobre eles. Para novos membros, informo que sou cego e de Calgary, Canadá. Obrigado novamente a todos”, agradeceu Shkuratoff.

Veja também

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las
+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’
+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância
+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • Back to top