Gatos sentem solidão? Veja o que a ciência sabe a respeito - Pet é pop

Gatos sentem solidão? Veja o que a ciência sabe a respeito

Gatos sentem solidão? Veja o que a ciência sabe a respeito
Gatos sentem solidão? Veja o que a ciência sabe a respeito
Gatos sentem solidão? Veja o que a ciência sabe a respeito (Foto: Keenan Barber/Unsplash)

Quando pensamos em ansiedade de separação, geralmente os cães vêm à mente. Mas, será que os gatos também sentem solidão? Confira o que a ciência sabe sobre o assunto!

Veja também:

+ Confira 25 raças de cães independentes e que suportam melhor a solidão
+ Saiba como lidar com a ansiedade de separação do seu gato
+ 5 dicas infalíveis para atenuar a ansiedade do seu pet

A maioria dos gatos dorme muito durante o dia, enquanto outros se limpam e se divertem, muitas vezes sentando-se sozinhos enquanto não respondem aos chamados e geralmente não demonstram emoções. Esses comportamentos nos levam a pensar que é normal deixarmos um gato sozinho, até por longos períodos de tempo.

No entanto, os gatos têm muitos dos mesmos sentimentos que os humanos. A solidão é uma delas? Com esse comportamento solitário, é muito difícil dizer o que eles realmente sentem.

Os gatos têm fortes necessidades sociais. Eles exigem estimulação regular, interação e algum tipo de companheirismo, caso contrário, se forem deixados sozinhos, começarão a se sentir tristes e solitários. Muitos casos de mau comportamento do gato existem porque os gatos foram deixados sozinhos o dia todo sem estimulação, como brincar com brinquedos de gato, ou outro animal ou pessoa para interagir.

Aqui estão cinco sinais de solidão em gatos:
  • Limpeza excessiva: gatos solitários frequentemente arrancam seus pelos ou se limpam excessivamente.
  • Vocalização extrema: alguns gatinhos são falantes por natureza, mas se o seu gato normalmente quieto de repente ficar super falante, pode ser a sua maneira de pedir um pouco mais de atenção.
  • Problemas com a caixa de areia: se o seu gato está fazendo xixi para fora da caixa de areia, é sempre uma boa ideia descartar problemas médicos primeiro, pois isso pode ser um sintoma de problemas renais ou do trato urinário. No entanto, se ele está bem de saúde e ainda está fazendo suas necessidades onde sabe que não deveria, seu gatinho pode estar tentando lhe dizer algo.
  • Comportamento agressivo: gatos solitários às vezes se tornam agressivos quando você está saindo, então, ele não está tentando se livrar de você, ele está dizendo que quer que você fique.
  • Destrutividade: gatos solitários ficam entediados e são mestres em encontrar maneiras bem criativas de ocupar suas mentes. Quer seu gato tenha decidido causar estragos em sua mobília, escalar suas cortinas ou rasgar seu papel higiênico, o comportamento destrutivo é provavelmente um sinal de solidão.

Ou seja, mesmo sendo criaturas extremamente independentes, os gatos podem se sentir tristes e solitários enquanto seus donos estão fora e são deixados sozinhos em casa durante o dia. Eles podem não demonstrar muito, mas não significa que não sintam.

O que fazer para que meu gato se sinta menos solitário?

Lembre-se de que um gato que vive sozinho tem definitivamente uma chance maior de sofrer de tédio e solidão do que dois gatos mantidos juntos. Portanto, uma das melhores opções para aliviar a solidão do seu gato é adotar outro gato.

Assim, seu animal de estimação sempre teria companhia e alguém para brincar. Se você decidir adotar outro animal de estimação, lembre-se de que os gatos mais jovens tendem a se ajustar mais facilmente do que os mais velhos. Ou você pode escolher um gato da mesma idade, cuja personalidade seja semelhante à do seu gato, para que eles provavelmente se dêem bem um com o outro.

Apresente-os gradualmente e certifique-se de que cada um tenha espaço suficiente para se afastar um do outro. Implemente este método enquanto estiver em casa, desta forma você pode estar presente e controlar a interação entre os dois gatos e evitar brigas e lesões graves.

  • Back to top