Gatos na quarentena: mudanças na rotina podem deixar seu pet estressado e até doente - Pet é pop

Gatos na quarentena: mudanças na rotina podem deixar seu pet estressado e até doente

Gatos na quarentena: mudanças na rotina podem deixar seu pet estressado e até doente



O isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus afetou a vida cotidiana de milhares de pessoas no mundo todo. Mas os humanos não foram os únicos que sentiram o impacto, isso também virou do avesso a vida dos gatos na quarentena. Por serem animais mais “metódicos”, os gatos foram os pets mais afetados, e essas mudanças na rotina podem deixá-los estressados e até doentes.

Mudanças na rotina podem deixar seu gato estressado e até doente
Imagem de Mircea Iancu por Pixabay

Veja também:

Gatos costumam ter horário certo para acordar, brincar, se alimentar e dormir. Com a presença dos donos 24 horas em casa, a rotina dos felinos não é mais a mesma. O animal tem de lidar com uma casa mais movimentada e barulhenta, com a presença permanente de adultos e crianças. Tudo isso pode elevar nível de tensão dos gatos na quarentena.

Se o seu gato está se escondendo (até mesmo dentro dos móveis), isso pode ser um sinal de que ele está estressado e quer ficar sozinho. Um aumento da agressividade com mordidas e arranhões, mesmo em animais dóceis, pode ser outro indicativo de que seu pet não está lidando tão bem assim com a quarentena.

As doenças emocionais podem ter desdobramentos físicos. Gatos que estão estressados podem desenvolver cistite, que é uma inflamação na bexiga. Alguns felinos começam a se lamber compulsivamente, arrancando os próprios pelos, enquanto outros perdem o apetite. Os animais com doenças pré-existentes (como doença renal crônica ou doenças infecciosas) podem ter uma piora no quadro clínico quando estão lidando com o fator estresse.

Para ajudar o seu animal de estimação nesse momento, tente respeitar a rotina do seu pet. Quando seu gato estiver dormindo, evite acordá-lo ou então faça menos barulho. Caso você perceba que as mudanças de comportamento do seu bichinho se prolongam durante vários dias, consulte um veterinário para verificar o estado de saúde do seu pet.

Veja também:

Veja também

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las
+ Edu Guedes faz desabafo sobre acidente de moto: ‘O susto foi grande’
+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância
+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • Back to top