Gatos da mesma ninhada podem ter pais diferentes; entenda - Pet é pop

Gatos da mesma ninhada podem ter pais diferentes; entenda

Gatos da mesma ninhada podem ter pais diferentes; entenda
Gatos da mesma ninhada podem ter pais diferentes; entenda
Gatos da mesma ninhada podem ter pais diferentes; entenda (Foto: Dimitri Houtteman/Unsplash)

Você já ouviu falar do fenômeno “superfecundação heteropaternal”? É quando a gata é fecundada por mais de um gato durante um único período de fecundação, ou seja, filhotes da mesma ninhada têm pais diferentes.

Veja também:

O que isso significa? Que uma gata, que geralmente dá à luz ninhadas de 3 a 5 gatinhos, teve 19 de uma vez, e todos de pais diferentes. Isso explicaria o motivo de irmãos da mesma ninhada serem tão diferentes fisicamente.

Pense nesses filhotes como gêmeos fraternos: geneticamente diferentes e ocupando o útero juntos, mas em vez de um macho fertilizar vários óvulos, cada filhote poderia ser gerado por um macho diferente. Isso também foi relatado em outros mamíferos, incluindo cães, vacas e, embora seja raro, até mesmo em humanos.

Você pode ver por que isso seria evolutivamente vantajoso: quanto mais a gata acasala com diferentes gatos, mais chances ela tem de ter filhotes. E não é como se ela se importasse que uma de suas crias tivesse listras cinza e outra tivesse manchas laranja. Sua composição genética está em cada uma dessas pequenas criaturas.

Por conta disso, especialistas salientam a importância de castrar seus animais de estimação, para combater a superpopulação de gatos e garantir que cada um tenha um lar amoroso. De acordo com uma pesquisa realizada pela Escola de Ciências Veterinárias da Universidade de Sydney, os gatos e as gatas devem ser castrados antes dos quatro meses de idade.

Julia Beatty, professora da Universidade de Sydney, afirmou que a castração precoce é importante para evitar que gatinhos indesejados sejam levados a abrigos sobrecarregados e com poucos recursos ou à população de gatos de rua, o que é prejudicial ao seu bem-estar e coloca estresse adicional na vida selvagem já afetada por outros predadores, perda de habitat e aquecimento global.

Confira mais informações sobre a castração precoce nos gatos.

  • Back to top