Gata esfaqueada nove vezes sobrevive e tem recuperação milagrosa - Pet é pop

Gata esfaqueada nove vezes sobrevive e tem recuperação milagrosa

Gata esfaqueada nove vezes sobrevive e tem recuperação milagrosa
Gata esfaqueada nove vezes sobrevive e tem recuperação milagrosa
Gata esfaqueada nove vezes sobrevive e tem recuperação milagrosa (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma gata que foi esfaqueada nove vezes teve uma recuperação milagrosa e encontrou um lar para sempre com uma dona adorável.

Veja também:

+ Meu gato é viciado em TV; isso é normal? Especialista responde
+ Tudo o que você precisa saber para receber um filhote em casa
+ Deu match: Empresa lança ‘Tinder’ para facilitar uniões perfeitas entre pets e donos

Katie, de 7 anos, quase morreu depois que seu agressor, que estava sofrendo de um episódio de distúrbio mental, a esfaqueou repetidamente no início deste ano.

Ela foi levada às pressas para um tratamento de emergência em um veterinário próximo, precisando de vários pontos e parte de sua pele teve que ser raspada para a realização do procedimento.

Posteriormente, Katie foi resgatada pela RSPCA (Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals) do Reino Unido, que a reabilitou na filial da instituição de caridade em Oldham and Bury. O inspetor da RSPCA, Ryan King, descreveu a recuperação de Katie como uma “reviravolta notável”.

Dois meses depois de ser esfaqueada, ela estava lutando para se adaptar e pronta para adoção, quando Jasmine Dickinson, de 28 anos, conheceu Katie. “Eu tinha gatos como animais de estimação quando era mais jovem e estava procurando adotar quando encontrei Katie”, explicou Jasmine.

“Eu me inscrevi para ser a dona dela e o centro me contou o que ela havia passado, e eu estava ainda mais ansiosa para lhe oferecer um lar amoroso”, acrescentou ela.

A adoção foi finalizada em março deste ano, então Jasmine levou Katie de volta para sua casa em Wigan. “Ela é uma gata tão doce e realmente se agarrou a mim – onde quer que eu esteja, ela não está longe”, contou Jasmine.

“Ela adora sentar no meu joelho e é muito carinhosa e gosta de ser acariciada – até mesmo no pescoço, que ainda tem cicatrizes, mas certamente está melhorando”, disse a jovem.

Mesmo assim, a gata continua tentando superar alguns traumas. “Às vezes ela fica nervosa – especialmente se as pessoas vêm para a casa com as quais ela não está familiarizada no início, ela corria e se escondia debaixo da cama – mas ela parece estar se acostumando mais com isso agora”, explicou a nova dona.

“Ela parece conhecer meus pais quando eles visitam e está ficando mais confiante. Quando eu a adotei em março, você podia ver algumas cicatrizes, mas seu pelo cresceu lindo e ela engordou – na verdade, o veterinário disse que ela provavelmente engordou um pouco demais. Ela parece uma gata tão feliz e contente, e foi uma ótima adição à minha casa”, concluiu Jasmine.

  • Back to top