Fofura: Cadela ajuda dona a cuidar de filhotes de gato - Pet é pop

Fofura: Cadela ajuda dona a cuidar de filhotes de gato

Fofura: Cadela ajuda dona a cuidar de filhotes de gato
Fofura: Cadela ajuda dona a cuidar de filhotes de gato
Fofura: Cadela ajuda dona a cuidar de filhotes de gato (Foto: Reprodução/Instagram)

Kona, uma cadela de oito anos, ajudou sua dona, Asa Shibuya, a cuidar de dezenas de filhotes de gato, como se fossem seus próprios filhotes.

Veja também:

Asa, de Nova York, contou ao site Metro que já criou mais de 164 animais em seu tempo. Quando trouxe Kona para casa, ela estava cuidando se seu primeiro filhote de gato. Preocupada com a maneira como Kona ia lidar com o filhote, Asa se surpreendeu com as habilidades natas da cadela de cuidar dos gatinhos.

“Eu estava um pouco nervosa inicialmente sobre como ela iria reagir. Rapaz, eu estava errada! Ela se apaixonou imediatamente pelo gatinho e começou a brincar com ele. A partir de então, ela brincava com cada gatinho adotivo que eu trazia para casa, cuidava deles, e com os mais recentes ela começou a agir mais como uma mãe para eles”, contou ela.

Asa acrescentou: “Eu estava criando muitos filhotes de gato naquela época, então eu devo ter 10 a 15 adotivos indo e vindo enquanto Kona estava conosco. Kona amava os bebês e assumiu um papel maternal com eles, brincando com eles, cuidando deles, confortando-os. Ela me ajudou muito, mantendo-os entretidos e me dando algum tempo extra para descansar das obrigações de mãe adotiva.”

“Ela também se relacionou tão bem com Peeby e se encaixou tão bem em nossa casa e estilo de vida que decidi promover o fracasso (um termo afetuoso usado para descrever quando um pai adotivo de estimação adotou permanentemente o cão ou gato) nela em maio de 2016”, disse Asa.

Segundo ela, Kona desempenhou um papel vital em ajudar os gatinhos assustados e estressados ​​a se aquecerem em seu novo ambiente. “Eu criei dois gatinhos, Chester e Blair, que foram encontrados no mesmo quintal em Nova York, e o resgate foi capaz de pegar Blair primeiro, e depois Chester uma semana depois. Blair veio à minha casa um dia depois do Natal e Chester veio no dia seguinte”, relembrou Asa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por NYC foster cat mom / Mama Kona (@shibuyarollcall)

Asa acrescentou: “Eu sabia que os dois gatinhos precisariam de ajuda para se socializar, pois o centro de resgate havia me dito isso antecipadamente. Já que tive a experiência de socializar gatinhos antes e também porque tenho mamãe Kona comigo, que de alguma forma tem poderes mágicos, fiquei muito animada para trazê-los para casa. Eles vieram até mim muito tímidos e assustados.”

“No primeiro dia deles com a gente, eu estava sentada no banheiro com eles com Kona sentada no meu colo enquanto eles estavam encolhidos nas costas se escondendo de mim. Então Kona saiu do meu colo para ir se sentar no tapete e Blair se aproximou dela, começou a ronronar e a tentar mamar em Kona. Eu estava honestamente em choque, também considerando que ela já tinha oito semanas de idade quando nos procurou”, contou Asa.

“Kona estava tão feliz, ela apenas se deitou e deixou Blair tentar mamar nela. Chester não tentava mamar em Kona, mas ele também se abriu muito rapidamente com ela. Pelos próximos dias, Kona e eu ficaríamos no banheiro com eles, e os gatinhos iriam brincar com Kona e dormir com ela, era a coisa mais fofa de todas e sabe exatamente o que fazer para ajudá-los a se acostumar com seu lar adotivo”, concluiu ela.

Kona não é a única dos animais de estimação de Asa que começou a cuidar dos gatinhos. Yuzu, de 7 anos, que foi adotada em outubro de 2016, também deu uma mão. “Também tivemos uma gatinha adotiva enquanto cuidávamos de Yuzu, e ela desempenhou um papel importante em ajudar o gatinho a se ajustar”, disse Asa. “Demorou alguns meses para a gatinha começar a se abrir para os humanos, mas tenho certeza de que ela teria demorado ainda mais se não fosse por Yuzu cuidando dela e essencialmente estar lá para ela.”

Ao todo, a família de estimação de Asa inclui Kona, Peeby, Yuzu e o gato ruivo de três anos de idade, Mikan.

  • Back to top