Exposição de fotografia mostra como cães e gatos compõem o cenário urbano - Pet é pop
  • Exposição de fotografia mostra como cães e gatos compõem o cenário urbano



    Muita gente passeia por aí sem se dar conta de como os animais ajudam a compor o cenário das cidades. Não é o caso do repórter fotográfico Fábio Dias. Com sua câmera na mão, há dez anos ele vem documentando cães e gatos, de rua ou não, ocupando o espaço urbano.

    Fotos: fotografianimal

    Esses registros são tão sensíveis que mereceram uma exposição. De 17 de agosto a 10 de setembro, o Museu de Arte Helenton Borba Cortes, em Maringá (PR), vai abrigar a mostra “Fotografianimal: cães, gatos e suas expressões no espaço urbano”, que reúne 46 imagens feitas pelo repórter fotográfico.

    Percebendo algumas iniciativas do poder público que fizeram com que o município de Maringá começasse a se despontar positivamente em relação às demandas ligadas à proteção animal, Dias elaborou a exposição com o objetivo de fomentar e ampliar o interesse da população pelos animais, principalmente os abandonados.

    Ao sensibilizar e estimular as pessoas a valorizá-los, as fotografias buscam despertar a empatia, compaixão e atenção sobre o quanto eles dependem de nós para seu bem-estar e sobrevivência.

    Fábio Dias é jornalista, especialista em fotografia, gestão cultural e mestre em comunicação. Atuou por dez anos como professor em faculdades e demais instituições de ensino de fotografia na cidade de Maringá.

    Trabalhou como repórter fotográfico freelancer, atendendo empresas e mídias de circulação local, regional e nacional. Atualmente, é repórter fotográfico na E-Paraná Comunicação e mantém o site Fotografianimal, onde publica as fotografias de pets.

    Serviço

    Exposição “Fotografianimal: cães, gatos e suas expressões no espaço urbano”

    Quando: de 17/8 a 10/9/2019

    Vernissage: 17/08, às 20h

    Onde: Museu de Arte Helenton Borba Cortes (Av. Dr. Luis Teixeira Mendes, 2.500. Zona 5)
    Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 8h às 20h

    Quanto: entrada gratuita

    Classificação: livre

  • Back to top