Estudo mostra que cães nascem prontos para se comunicar com humanos - Pet é pop

Estudo mostra que cães nascem prontos para se comunicar com humanos

Estudo mostra que cães nascem prontos para se comunicar com humanos
Estudo mostra que cães nascem prontos para se comunicar com humanos
Estudo mostra que cães nascem prontos para se comunicar com humanos (Foto: Manuel Meza/Unsplash)

Já se perguntou como seu cachorro parece te entender tão bem? De acordo com um novo estudo, os cães já nascem prontos para se comunicar com os humanos.

Veja também:

+ Gatos superam cães e consideram seus humanos como pais, indica estudo
+ O que quer dizer cada um dos sons que os cães emitem? Ciência explica
+ Os cães sabem quando o dono está mentindo, diz estudo

A pesquisa, publicada na revista Current Biology, diz que mesmo cachorros de oito semanas com pouca exposição a humanos podem compreender habilidades sociais como apontar e mostrar níveis sofisticados de cognição social ou interesse em rostos humanos em testes.

O estudo, que teve uma amostra de 375 cachorros, realizou uma análise dos potenciais efeitos da aprendizagem. Segundo os pesquisadores, os filhotes eram altamente habilidosos no uso de diversos gestos humanos e não havia evidências de que seu desempenho exigisse aprendizado.

Tornou-se norma treinar seu cão quanto a pistas gerais, porém, como mostra o estudo, esses seres inteligentes vêm predispostos a entender o comportamento humano, seja ele apontar, o tom de sua voz ou até mesmo emoções faciais e a maneira como nos sentimos.

Acredita-se que a cognição humana seja única, em parte por causa das primeiras habilidades sociais emergentes para a comunicação cooperativa. Um estudo comparativo mostra que aos 2 anos e meio de idade, as crianças raciocinam sobre o mundo físico de maneira semelhante a outros grandes macacos, embora possuam habilidades cognitivas para a comunicação cooperativa muito superior às de nossos parentes primatas mais próximos.

Os cães domésticos têm semelhanças funcionais com crianças humanas. Eles são sensíveis aos sinais percebidos, marcando os gestos como comunicativos. Eles reagem, interpretam e entendem a linguagem corporal humana e também entendem os comandos de voz humana.

Outra pesquisa mostrou que a capacidade de aprendizagem de um cão é influenciada, não apenas por sinais manuais, mas também pela linguagem corporal geral e pela distância entre o treinador e o cão. Parece que quanto mais longe o treinador estiver do cão, menos responsivo o cão será. Portanto, deve-se estar ciente de onde e como se está ao se comunicar com um cão.

  • Back to top