Estudo mostra que alguns cães têm inteligência e talento muito acima da média - Pet é pop

Estudo mostra que alguns cães têm inteligência e talento muito acima da média

Estudo mostra que alguns cães têm inteligência e talento muito acima da média
Estudo mostra que alguns cães têm inteligência e talento muito acima da média
Estudo mostra que alguns cães têm inteligência e talento muito acima da média (Foto: Chung Nguyen/Unsplash)

Um novo estudo demonstrou que alguns cães super talentosos possuem inteligência acima da média. Será que seu cachorro é um gênio e você não sabia?

Veja também:

+ Com inteligência artificial, caixa para gatos ajuda a diagnosticar 7 doenças comuns
+ Polícia chinesa planeja leiloar cães ‘covardes’ que não passam em rigorosos testes
+ Estudo: cães com cara de enfezado são mais inteligentes

O estudo, publicado na revista Scientific Reports, reuniu 40 cães que passaram por um programa de treinamento intensivo de três meses com o objetivo final de aprender os nomes de pelo menos dois brinquedos para cães (a quantidade mínima necessária para confirmar se um cão pode realmente distinguir os objetos).

As aulas diárias envolviam brincar com cães enquanto repetiam os nomes dos brinquedos. Os participantes incluíam cachorros e cães adultos de uma variedade de raças, de todo o mundo.

Na conclusão do curso, os pesquisadores descobriram que um punhado de cães havia chegado ao topo da matilha, adquirindo conhecimento em um ritmo extraordinário de 13 a 39 nomes de brinquedos em três meses. Por outro lado, o resto não mostrou qualquer evidência de aprendizagem. Quase não havia nenhum meio-termo.

Isso significa que alguns cães não são capazes de absorver novos aprendizados? Não. A pesquisa sugere, em vez disso, que a base para os cães é que eles lutam para associar palavras a objetos. No entanto, alguns poucos cães são simplesmente cérebros notáveis ​​com intelecto superior. Ou, como dizem os autores do estudo, “cães talentosos que aprendem palavras.”

Curiosamente, a capacidade de aprender não se correlacionou com a neuroplasticidade em mentes mais jovens, isso significa que os cães excepcionais do estudo estavam totalmente adultos, nem parecia ser um produto de experiência anterior, já que um dos cães nunca tinha aprendido vocabulário antes. Em vez disso, é possível que eles simplesmente tenham nascido com isso.

“Estamos intrigados com esta variação interindividual extrema em um traço cognitivo (a capacidade de aprender rótulos de objetos), e pensamos que este é apenas o começo de uma jornada que nos levará a entender melhor as raízes do talento, ou seja, porque alguns indivíduos, humanos ou outras espécies, são dotados em um determinado campo”, disse o co-autor Dr. Adam Miklósi em um comunicado.

Todos os sete cães talentosos do estudo eram Border Collies, uma raça tradicional de pastores de ovelhas com um histórico de execução de tarefas estratégicas ao lado de humanos. Embora os collies tenham sido considerados uma das raças mais inteligentes, os autores observam que 18 outros collies no estudo estavam entre aqueles que não aprenderam nenhuma palavra. E outros estudos identificaram cães talentosos em outras raças, como um Yorkshire Terrier do Brasil.

Os pesquisadores agora estão procurando por mais cães geniais para estudar. Confira aqui.

  • Back to top