Estudo explica por que você deve piscar para o seu gato - Pet é pop

Estudo explica por que você deve piscar para o seu gato

Estudo explica por que você deve piscar para o seu gato
Estudo explica por que você deve piscar para o seu gato
Estudo explica por que você deve piscar para o seu gato (Foto: Mel Elias/Unsplash)

De acordo com um novo estudo, piscar lentamente para seu gato pode ser a chave que faltava para conquistar seu coraçãozinho felino.

Veja também:

+ Para celebrar o aniversário do seu cão, mulher gasta R$ 91 mil para alugar 520 drones
+ 12 maneiras eficazes de dizer ‘eu te amo’ ao seu gato
+ Saiba como os gatos conseguem prever quando vai chover

O estudo, realizado pelos pesquisadores da University of Sussex, e publicado no jornal Scientific Reports, tentou explicar como o “sorriso de Duchenne”, que é basicamente sorrir com os olhos em forma de lua crescente, pode transmitir amor e confiança para os gatos.

Na pesquisa, eles recrutaram 18 gatos de 14 donos diferentes para observar suas reações às piscadas de seus donos. O estudo foi realizado em casa para o conforto dos gatos.

Os pesquisadores treinaram os proprietários para executar a sequência de piscadas lentas, “uma série de meias piscadas seguidas por um estreitamento prolongado ou um fechamento dos olhos”. O fechamento dos olhos no final tinha de ter pelo menos 0,5 segundo de duração.

Na condição de controle, os donos estavam na mesma sala que seus gatos, mas não interagiam com eles. As respostas dos gatos foram codificadas por meio dos FACs dos gatos, que é um sistema baseado em anatomia projetado para medir objetivamente as ações faciais com base em seus movimentos musculares subjacentes.

Como resultado, os pesquisadores descobriram que os gatos piscavam lentamente mais quando seus donos piscavam lentamente para eles do que quando não interagiam com eles.

Na segunda parte do estudo, os pesquisadores procuraram entender se as respostas dos gatos generalizavam-se para estranhos (ou seja, os experimentadores) e se piscar lentamente atrairia gatos para eles.

A segunda etapa incluiu 18 novos gatos de 8 donos diferentes e foi realizado novamente nas casas dos gatos. Para traçar comportamentos de abordagem, os pesquisadores se sentaram ou se agacharam e estenderam a mão para o gato. Eles executaram a sequência de piscadas lentas ou mostraram uma expressão neutra sem contato visual.

As descobertas foram que, novamente, os gatos eram mais propensos a piscar para estranhos que piscavam para eles do que para estranhos que não mostravam expressão ou contato visual. Além disso, nessa condição, os gatos também eram mais propensos a se aproximar de estranhos. No geral, os gatos mostraram aproximadamente 5% mais respostas de abordagem na condição piscando em oposição à condição neutra.

Resumindo, o estudo foi o primeiro a empiricamente que piscar é uma forma positiva de comunicação para gatos e que piscar pode fazer um gato se aproximar de um estranho.



  • Back to top