Estudo alerta: chances de o cão ser gordo dobram se o dono for obeso - Pet é pop

  • Estudo alerta: chances de o cão ser gordo dobram se o dono for obeso

    cão obeso - Foto Pixabay
    -->



    cão obeso - Foto Pixabay

    Pessoas com sobrepeso são mais propensas a ter cães obesos. Uma equipe de pesquisadores dinamarqueses diz que isso ocorre, ao menos em parte, por conta das guloseimas que os esses donos oferecem a seus pets.

    “A prevalência de cães com sobrepeso ​​ou obesos é duas vezes maior entre os proprietários acima do peso (35%) do que entre os que são magros ou com peso normal (14%)”, afirmam os pesquisadores da Universidade de Copenhague.

    Dos 268 cães estudados, 20% apresentaram excesso de peso. Proprietários de peso médio tendem a usar guloseimas para fins de treinamento, enquanto os proprietários com excesso de peso preferem fornecer guloseimas com muito mais frequência.

    A principal autora do estudo, Charlotte Bjornvad, ilustra a situação: “Por exemplo, quando uma pessoa está relaxando no sofá e compartilha as últimas mordidas de um sanduíche ou biscoito com seu cachorro”.

    Castração triplica o problema

    O estudo da Universidade de Copenhague também mostrou que a castração triplicou o risco de um cão ficar obeso ou com sobrepeso.

    “A castração parece diminuir a capacidade de regular o apetite em cães machos e, ao mesmo tempo, também pode diminuir o incentivo ao exercício, o que resulta em um risco aumentado de excesso de peso”, disse a professora Bjornvad.

    Publicada no início deste ano, uma pesquisa da Universidade de Liverpool (Inglaterra) revelou que cães com excesso de peso e acesso a muitas guloseimas podem ter suas vidas encurtadas em mais de dois anos.

    Os pesquisadores rastrearam mais de 50 mil cães das 12 raças mais populares ao longo de duas décadas para ver como seu peso afetava sua saúde.

    cão beagle obeso Wolfgang - Fotos FacebookEles descobriram que todas as raças, de shih tzus a golden retrievers, tinham vidas mais curtas.

    O futuro é mais sombrio para os yorkshires com sobrepeso, que morrem dois anos e seis meses antes dos cães com peso normal da mesma raça.

    Os pastores alemães veem suas chances de mortalidade caírem o mínimo, morrendo cinco meses antes, se estiverem acima do peso.

    Os pesquisadores ingleses afirmam que cães acima do peso, como os humanos, estão mais expostos a riscos como câncer, pressão alta e problemas cardíacos e renais.

    Assim, fica a dica: se quiser ficar mais tempo com seu amiguinho, resista aos olhares pidões e pegue leve nos petiscos.

  • Back to top