Donos estão oferecendo ração à base de insetos para cães e gatos; isso é bom ou ruim? - Pet é pop

Donos estão oferecendo ração à base de insetos para cães e gatos; isso é bom ou ruim?

Donos estão oferecendo ração à base de insetos para cães e gatos; isso é bom ou ruim?
Donos estão oferecendo ração à base de insetos para cães e gatos; isso é bom ou ruim?
Donos estão oferecendo ração à base de insetos para cães e gatos; isso é bom ou ruim? (Foto: M Burke/Unsplash)

Os donos de animais de estimação que se preocupam com o meio ambiente estão se voltando para uma fonte de alimento não convencional para seus amigos peludos: os insetos.

Veja também:

+ Donos de cães sofreram menos com depressão durante a pandemia
+ Purina lança rações para cães e gatos com proteínas de insetos
+ Vídeo misterioso: câmera de segurança registra ‘fantasma’ atacando um gato

Rações feitas de grilos, larvas de farinha e moscas negras têm crescido em popularidade à medida que os donos de animais procuram alternativas aos alimentos à base de carne, que geram grandes quantidades de emissões de carbono.

Especialistas afirmam que mesmo quando os insetos são cultivados comercialmente, as emissões, a água e o uso da terra são menores do que na pecuária. A maioria dos alimentos à base de insetos também são perfeitamente seguros para os animais comerem e são ricos em proteínas, gorduras, óleos, vitaminas e minerais.

“Quando transformadas em uma ração nutricionalmente completa, as proteínas dos insetos podem contribuir para produtos nutritivos e saborosos que também podem ser ambientalmente sustentáveis”, disse Nicole Paley, vice-presidente-executiva da Associação de Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação, ao The Guardian.

“Os produtos à base de insetos oferecem uma alternativa para os proprietários que preferem alimentar seus animais de estimação com uma dieta proveniente de ingredientes que não sejam os animais tradicionais”, acrescentou ela.

Um relatório de 2016 da PROteINSECT, uma organização europeia que pesquisa insetos como uma nova fonte de proteína para ração animal, descobriu que os consumidores estavam aceitando principalmente alimentos à base de insetos para animais de estimação e gado.

Aproximadamente 70 por cento dos 2.400 entrevistados disseram ter achado que alimentar animais de criação com proteína de insetos era “totalmente aceitável” ou “aceitável”, de acordo com o relatório.

Pesquisas adicionais sugerem que os alimentos à base de insetos tendem a crescer em popularidade à medida que os consumidores modernos priorizam cada vez mais a sustentabilidade.

Ainda assim, os alimentos para animais de estimação à base de insetos são geralmente mais caros do que as dietas à base de carne, tornando difícil para alguns donos de animais de estimação comprá-los, mesmo que sejam ambientalmente conscientes.

A indústria de alimentos para animais de estimação tem uma grande pegada de carbono, representando 25 a 30 por cento dos danos ambientais vinculados à indústria de carne dos EUA, de acordo com um estudo da UCLA de 2017. Isso equivale a 64 milhões de toneladas de dióxido de carbono produzidas por ano, o equivalente a 13,6 milhões de carros circulando por um ano inteiro.



  • Back to top