Donos de cães sofreram menos com depressão durante a pandemia - Pet é pop

Donos de cães sofreram menos com depressão durante a pandemia

Donos de cães sofreram menos com depressão durante a pandemia
Donos de cães sofreram menos com depressão durante a pandemia
Donos de cães sofreram menos com depressão durante a pandemia (Foto: Artem Beliaikin/Unsplash)

De acordo com um novo estudo, ter um cachorro pode ter protegido os donos de alguns dos impactos psicológicos negativos da pandemia da Covid-19.

Veja também:

+ Conheça 9 sinais de depressão em gatos e 8 maneiras de ajudá-los
+ Número de pets abandonados sobe 60% durante a pandemia no Brasil
+ Grupo educacional investe para ter hospitais nas cidades em que oferece curso de veterinária

Realizado por pesquisadores em St. Louis, Missouri, e publicado no jornal PLOS One em 15 de dezembro, o estudo descobriu que aqueles que possuem um cachorro ficaram significativamente menos deprimidos durante a pandemia do que aqueles que gostariam de ter um, mas não têm.

Os pesquisadores entrevistaram 1.535 adultos nos Estados Unidos sobre seus níveis de depressão, ansiedade e felicidade. Aqueles que tinham um cachorro disseram que sentiam que tinham mais “apoio social” disponível para eles (70 por cento), em comparação com aqueles que não tinham (65 por cento).

“É provável que este grau de apoio social tenha proporcionado um efeito tampão contra o impacto negativo da pandemia”, disse a equipe de pesquisa ao compartilhar os resultados do estudo. No entanto, eles não encontraram nenhuma diferença nas pontuações de felicidade e ansiedade entre os dois grupos.

Os pesquisadores disseram que suas descobertas demonstram que “os cães podem contribuir positivamente para o bem-estar dos donos em tempos difíceis”. Os resultados somam-se às descobertas de estudos anteriores de que possuir um cão pode ser benéfico para a saúde mental. Os cães “são considerados dependentes e cuidam de seus donos com amor incondicional”, afirma o estudo.

“Animais de estimação fornecem conforto tátil e distração recreativa de preocupações. Em contraste com outras interações sociais, nenhuma habilidade social especial é geralmente necessária para obter uma resposta positiva de um animal de estimação”, acrescentaram os pesquisadores.



  • Back to top