Dona reencontra gato que despencou da janela e desapareceu... há 6 anos - Pet é pop

Dona reencontra gato que despencou da janela e desapareceu… há 6 anos

Dona reencontra gato que despencou da janela e desapareceu... há 6 anos
Dona reencontra gato que despencou da janela e desapareceu... há 6 anos
Dona reencontra gato que despencou da janela e desapareceu… há 6 anos (Foto: Margaret Kudzma)

No dia 5 de agosto de 2015, Margaret Kudzma estava dando remédio para um gato doente que ela cuidava quando ouviu um barulho de seu quarto. O felino havia caído da janela e ele desapareceu.

Veja também:

+ 5 coisas que você deve saber antes de adotar um gato
+ Gatos preferem almoço grátis a ter de ‘batalhar’ por ele, indica estudo
+ Vídeo hilário: cão tenta brincar com gato mal humorado e despenca da cadeira

“Entrei em pânico”, disse Margaret, de 57 anos, ao site People. Mini Max, que tinha 1 ano na época, foi resgatado por ela quando ele e seus irmãos tinham cerca de 4 meses, depois que a ninhada nasceu sob um prédio perto de sua casa em Peabody, Massachusetts, EUA.

Ela acolheu os filhotes e cuidou deles até ficarem saudáveis. “Ele é um gato tão gentil e amoroso”, disse Margaret sobre Mini Max. “Eu o amei tanto.”

Determinada a encontrá-lo, ela colocou panfletos em seu bairro, postou online, foi de porta em porta vasculhar os quintais dos vizinhos, instalou câmeras de visão noturna e até trabalhou com um detetive de animais de estimação que usou um cão de busca para encontrar animais perdidos.

“Ele desapareceu”, relembrou ela. “Ele não estava em lugar nenhum… Mas eu nunca perdi as esperanças.”

Enquanto procurava por seu próprio gato desaparecido, ela resgatou centenas de outros gatos por meio de sua organização sem fins lucrativos, The Rescue Business. Em 19 de julho de 2021, quase seis anos após o desaparecimento de Mini Max, ela recebeu uma ligação do consultório de um veterinário próximo. Eles conseguiram identificá-lo e contatar Margaret por meio do microchip do felino.

“Eu não conseguia acreditar”, disse ela. Anos depois de desaparecer de casa, Mini Max apareceu morrendo de fome em uma casa na cidade de Revere, perto do condomínio dela. Os donos da casa alimentaram o gato e o levaram ao veterinário, que entrou em contato com Margaret.

Ela e seu gato se reuniram no dia seguinte. “Eu me senti tão aliviada e tão feliz”, celebrou ela. “Estou tão feliz por ele estar em casa.”

Agora, Mini Max pula em seu colo sempre que pode. “É milagroso”, declarou ela sobre o reencontro. “É como um sonho que se tornou realidade. Quero ter certeza de que ele está feliz e que o resto de sua vida será boa.”

  • Back to top