Dona mata gatinho de três meses usando a máquina de lavar roupas - Pet é pop

Dona mata gatinho de três meses usando a máquina de lavar roupas

Dona mata gatinho de três meses usando a máquina de lavar roupas
Dona mata gatinho de três meses usando a máquina de lavar roupas
Dona mata gatinho de três meses usando a máquina de lavar roupas (Foto: Nastya Dulhiier/Unsplash)

Uma mulher matou seu gatinho “travesso” de apenas três meses de vida colocando-o na máquina de lavar como punição por fazer cocô dentro de casa.

Veja também:

+ Flagrante em vídeo: mulheres abandonam filhotes de gato dentro de saco plástico
+ Especialista ensina como melhorar a comunicação entre você e seu gato
+ Assassinato de cachorra com arco e flecha deixa família devastada

Catherine Young, de 54 anos, lambuzou o rosto do gato com suas próprias fezes antes de jogá-lo na máquina de lavar em um ciclo completo. O gatinho preto e branco, chamado Morritz, morreu depois de ser revirado dentro da máquina em sua casa no Reino Unido.

Young, que disse ter um transtorno de personalidade e problemas de saúde mental, foi proibida de ter animais, de acordo com o Clacton Gazette.

O Tribunal de Magistrados de Colchester ouviu que, em 15 de junho, ela telefonou para um consultório veterinário para dizer que um de seus gatinhos morrera em casa. Ela entrou no consultório veterinário naquela noite, carregando Morritz no colo.

Morritz foi descrito como “frio e rígido” com pelo molhado. Quando questionada pelo veterinário, Young descreveu que colocou o gatinho na máquina de lavar depois que ele foi “travesso” e fez cocô no chão.

Segundo o veterinário, ela disse que fez isso para limpar seu pelo. Ela insistiu que já tinha feito isso antes e que o gatinho estava “bem”. Seu outro gato, Bobbitz, era clinicamente saudável, mas o veterinário se recusou a devolver o animal de estimação a Young e, desde então, ele foi realocado e renomeado.

Young foi entrevistada dois dias depois pela inspetora da RSPCA, Jessica Dayes. “Nenhum outro animal foi visto no endereço, no entanto, bandejas de areia vazias, areia de gato, uma caixa de transporte quebrada e um saco de comida de gato ainda estavam na cozinha.”

Em sua declaração ao tribunal, o veterinário disse: “É minha opinião que o gatinho falecido passou por um sofrimento desnecessário significativo ao ser deliberadamente colocado em uma máquina de lavar e depois colocado em um ciclo de lavagem. O ciclo de lavagem da máquina teria causado muita dor, ferimentos e muito estresse.”

Young foi multada em £ 200 (R$ 1.500) e condenada a pagar £ 145 (R$ 1.100) nas custas e uma sobretaxa de vítima de £ 34 (R$ 260).



  • Back to top