Domesticação dos cães aconteceu em uma caverna na Alemanha, há 16 mil anos, indica estudo - Pet é pop

Domesticação dos cães aconteceu em uma caverna na Alemanha, há 16 mil anos, indica estudo

Domesticação dos cães aconteceu em uma caverna na Alemanha, há 16 mil anos, indica estudo
Domesticação dos cães aconteceu em uma caverna na Alemanha, há 16 mil anos, indica estudo
Domesticação dos cães aconteceu em uma caverna na Alemanha, há 16 mil anos, indica estudo (Foto: Freepik)

Um novo estudo revelou que a domesticação dos cães aconteceu nas cavernas do sudoeste da Alemanha há cerca de 16 mil anos.

Veja também:

O estudo foi realizado analisando a genética dos ossos da caverna Gnirshöhle, no sudoeste da Alemanha, e sugere que os humanos domesticaram cães dentro e ao redor das cavernas na área de Hegau Jura (e pode até ter sido a origem dos cães na Europa).

O Dr. Chris Baumann, da Universidade de Tübingen, disse, no entanto, que a data e o local exatos da transição de animais selvagens para cães ainda estão incertos. “As estimativas científicas variam entre 15 mil e 30 mil anos atrás”, afirmou ele.

Baumann e sua equipe analisaram ossos da caverna e descobriram que havia um grande número de linhagens de lobos e também um espectro completo entre lobos e cães. Os pesquisadores concluíram que a mudança de lobos para cães domesticados pode ter ocorrido lá entre 16 mil e 14 mil anos atrás.

“Associamos a morfologia, a genética e as características do isótopo, o que levou à descoberta de que os ossos examinados eram originários de numerosas linhagens genéticas diferentes e que os novos genomas sequenciados das amostras cobrem toda a gama genética do lobo ao cão doméstico”, explicou Baumann.

Os pesquisadores acreditam que isso mostra que as pessoas domesticaram e criaram animais de diferentes linhagens de lobos. “A proximidade desses animais com os humanos e as indicações de uma dieta bastante restrita sugerem que entre 16 mil e 14 mil anos atrás, os lobos já haviam sido domesticados e eram mantidos como cães. Uma origem dos cães domésticos europeus poderia, portanto, ser encontrada no sudoeste da Alemanha”, acrescentou ele.

Os fósseis encontrados na caverna podem até ser a origem única de todos os cães modernos, escreveram os pesquisadores. “Um estudo recente com foco na análise de genomas nucleares de vários cães antigos sugeriu uma única origem dos cães modernos, mas não conseguiu fornecer uma localização geográfica para tal evento.”

“Embora não possamos abordar a questão da singularidade do evento de domesticação, nossos resultados apóiam a hipótese de que o Hegau Jura foi um centro potencial da domesticação do lobo europeu inicial”, acrescentaram os pesquisadores, que analisaram fósseis de cães, lobos e raposas da caverna Gnirshöhle.

“O Gnirshöhle é uma pequena caverna de duas câmaras no sul de Baden-Wuerttemberg que está localizada nas imediações de duas cavernas adicionais da época de Madalena, um estágio cultural arqueológico na seção mais jovem do Paleolítico Superior”, concluiu Baumann.

  • Back to top